Cooperativa de Concentrados vai receber excedentes de vinho à granel em Garibaldi
Durante a Assembléia Extraordinária da Cooperativa Vinícola Garibaldi Ltda, o Doiretor da Fecovinho, Hélio Marchioro, anunciou aos presentes a constituição de uma Cooperativa de Concentrados que irá receber os excedentes de vinho à granel, aliviando os estoques nos reservatórios da cantinas e, ao mesmo tempo, preparar o mosto para produtos orgânicos. Paralelo a isso, essa instituição irá  tranquilizar os produtores de uvas, investindo paralelamente nesse segmento que vem crescendo no Brasil. Essa concentradora já existe e é a Cenecop/Serra, formada pelas Cooperatifvas
Vinícola Garibaldi, Cooperativa São João, Cooperativa Pradense e a Cooperativa Nova Aliança.

Hélio Marchioro também ressaltou a contribuição dos Governos Federal e Estadual, além de Deputados,para uma reviravolta nesse sentido. Destacou que o consumo de importados é de 80%, restando 20% apenas para os vinhos nacionais. O consumidor precisa atentar para os produtos importados que entramde forma intensa e está acabando com a indústria brasileira. 

Comentários