Responda Rápido: Patrono da Feira do Livro deve ser convidado ou contratado? Em Bento será contratado.
Por mais explicável, por mais justificável, por mais valioso que possa ser, por todos os méritos diante de sua obra, ainda assim não é possível admitir que a prefeitura de Bento Gonçalves pague R$ 169.430,00 para contratar o artista Gabriel- O Pensador. O artista é renomado, sua produção musical e literária tem valor indiscutível, mas é muito dinheiro, mesmo que seja para financiar um evento cultural.

Até onde se sabe Gabriel- O pensador virá a Bento para ser patrono da Feira do Livro, vai dar palestras nas escolas, distribuir livros e fazer shows. Responda caro ouvinte. Pra tudo isso R$ 169.430,00 é barato ou caro? Vale o investimento em cultura?

Alguém dirá: Não é surpresa diante do histórico de contratações da prefeitura em Bento não deveria ser surpresa. É verdade, já estiveram na cidade pagos pela prefeitura, Sérgio Reis, Agnaldo Raiol, Tom Zé, Olivier Anquier, e outros.

Resumindo: A prefeitura em Bento para organizar a feira do livro, considerando a estrutura, todos os gastos e o valor do Patrono da feira que pela primeira vez será remunerado vai gastar mais de R$ 200 mil reais.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS