Segundo o Caged (Ministério do Trabalho) na serra, somente em Farroupilha o saldo de empregos no mês de março é positivo. Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Vacaria tiveram desempenhos negativos.
A oferta de empregos no Estado teve queda de 13,33% em março, na comparação com o mesmo período do ano passado. É o que apontam os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) que foram liberados nesta segunda-feira.

Em março de 2012, na comparação com fevereiro, houve alta de 0,66%. O resultado teve como motivo principal o crescimento nos setores de Serviços (+7.697 postos), da Indústria de Transformação (+6.622 postos) e do Comércio (+3.401 postos), cujos saldos superaram a queda acentuada da Agropecuária (-1.892 postos, devido à influência sazonal em relação ao Cultivo de Frutas de Lavoura.

Entre as cidades da serra que tem seus dados computados no Caged apenas em Farroupilha as admissões superaram os desligamentos. Em Farroupilha, a alta no emprego é de 0,96% no mês de março, ou seja, 236 novas vagas foram criadas. Destas 151 estão no comércio, seguido pelos serviços e pela construção civil. No ano o saldo é positivo. São 597 novos postos de trabalho e no acumulado dos 12 meses 514 novas vagas, alta de 2,11%

Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Vacaria tiveram desempenhos negativos. Em Bento saldo negativo de 0,04%,em Caxias -0,31% e em Vacaria -8,92%.

Em Vacaria com o término da safra agrícola, foram fechados 1884 postos. Somente no setor da agropecuária e de extração vegetal foram1919 postos a menos. No acumulado dos 12 meses, porém, o saldo ainda é positivo com 1082 novas vagas criadas no município e no ano alta de 19,27% com 3122 novas vagas. Ou seja nem todos os trabalhadores que foram contratados para a safra foram demitidos.

Em Bento o setor que mais abriu vagas em março foi o setor da construção civil(72) alta de 4,27%. O maior desemprego esta na indústria e no comércio. Foram 921 admissões na indústria e 966 demissões, saldo negativo de 45 vagas. Uma retração na indústria de 0,23%. No comércio o saldo negativo é de 40. No comércio a retração é de 0,65%. Mas no acumulado dos 12 meses o saldo é positivo +4,69 (1777 vagas) e no ano + 1,98% ( 770 vagas).

Em Caxias do Sul no mês e março foram fechados 550 postos de trabalho, uma retração de 031%. No ano o saldo é positivo de 2772 novos postos de trabalho e no acumulado dos 12 meses são 5564 novas vagas uma alta de 3,27%. Em março a indústria fechou 362 postos de trabalho e o setor de serviços o que mais empregou, 168 novas vagas.

Comentários