O recado das ruas, desta vez, é muito diferente dos anteriores
Se os políticos e suas instituições não se aproximarem desses movimentos e passarem a ouvir mais essas vozes que se levantam no mundo virtual e tomam as ruas, eles vão "dançar". Pense nisso!

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS