Ritmo de crescimento da produção industrial caiu em maio
Sondagem da CNI mostra que o emprego ficou estável e as empresas,principalmente as de grande porte, estão com estoques acima do planejado.Embora em ritmo mais lento do que nos meses anteriores, a produção da indústria brasileira cresceu em maio. O índice de evolução da produção alcançou 51,1 pontos, abaixo dos 52,8 registrados em abril, informa a Sondagem Industrial, divulgada nesta segunda-feira, 24 de junho, pela Confederação Nacional da Indústria.

O índice de utilização da capacidade instalada em relação ao usual para o mês de maio recuou de 46 para 45,6 pontos, abaixo da linha divisória de 50 pontos. Isso indica que a ociosidade ficou acima dos níveis usuais para maio. O indicador do número de empregados ficou estável em 49,5 pontos, também pouco abaixo dos 50 pontos.

Conforme a Sondagem Industrial, o indicador de estoque efetivo em relação ao planejado de produtos finais alcançou 51,4 pontos em maio e permanece acima dos 50 pontos, o que mostra que a indústria está com excesso de estoques. O problema é maior nas grandes empresas, onde o indicador alcançou 53,8 pontos.

Esta edição da Sondagem Industrial foi feita com 1.921 empresas entre os dias 3 e 14 de junho. Entre as empresas consultadas 701 são pequenas, 729 médias e 491 são grandes.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS