As alterações do Plano Diretor que para imprensa eram escondidas

Aquilo que no ano passado era apenas boatos, especulações, porque a imprensa não tinha acesso a documentos, agora começam a se tornar verdades. Para acomodar interesses particulares, governo do PT promoveu mais de 15 alterações no mapa de zoneamento urbano do município a revelia da lei. Ministério Público investiga e administração atual instaurou sindicância para apurar quem fez, como fez, por ordem de quem e para beneficiar quem. O mapa de zoneamento urbano (anexo 3) foi inclusive retirado do site oficial do municipio até que seja apurado os fatos e o mapa correto volte a ser publicado.  As denúncias partiram da própria prefeitura: a nova administração, ao confrontar os dois modelos de zoneamento urbano no início da gestão, verificou a inclusão de propostas que não teriam respaldo em nenhuma legislação sobre o tema. Entre as modificações, estariam avanços inclusive da zona urbana sobre a rural na região . As alterações que não passaram pelo Complam, nem pelo Fórum das Políticas Públicas, tampouco pela Câmara de Vereadores podem representar indenizações valiosas. O ex- diretor do IPURB era também diretor do Complam e do Fórum.


Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS