O Brasil aumentará suas importações de peças de automóveis da Argentina


O Brasil aumentará suas importações de peças de automóveis da Argentina e as substituirá por parte das que atualmente compra da Alemanha, dentro do acordo bilateral no setor automotivo que mantém com o país vizinho. A substituição das importações, para evitar um aumento dos custos de produção de veículos no Brasil, é uma “antiga demanda argentina”, segundo afirmou o ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Mauro Borges.  Na semana passada, Argentina e Brasil chegaram a um acordo para prorrogar por um ano seu atual acordo bilateral no setor automotivo, que expira em 30 de junho, embora as partes continuem negociando um convênio definitivo. Um dos detalhes que ainda está sendo negociado, segundo Borges, é determinar a cota de importação de veículos que cada país fixa em função do que exporta, em uma fórmula conhecida como flex. O Brasil quer manter a taxa de exportação média dos últimos três anos, que é propícia, enquanto a Argentina pretende reduzir seu déficit comercial com o país Brasil, segundo Borges.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS