CPI chega ao fim com ratinho na sala e viagens de deputados a Curitiba. De resto só a mentira de Eduardo Cunha

Encerra-se nesta semana a CPI da Petrobras. Há seis meses, a CPI teve rato na sala e viagens de deputados a Curitiba para tomarem depoimentos. Teve também um “depoimento espontâneo” de Eduardo Cunha, que declarou: “Não tenho qualquer tipo de conta em qualquer lugar que não seja a conta que está declarada no meu Imposto de Renda. E não recebi qualquer vantagem ilícita ou qualquer vantagem com relação a qualquer natureza vinda desse processo.” Hoje, sabe-se que Cunha mentiu. A CPI deve votar até quinta-feira um relatório inútil, sem sugestões de indiciamento e que serviu de muito palanque eleitoral.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS