O termo é "embrutecida"

A Senadora Ana Amélia Lemos (PP) esteve no inicio desta semana na serra gaúcha cumprindo uma agenda em Antônio Prado e Caxias do Sul. Em Antônio Prado participou da cerimônia que reconheceu Laureano Fortuna, Diretor/Fundador da Rádio Solaris, como cidadão da cidade de Antônio Prado. Ao conceder entrevista para a imprensa, Ana Amélia usou o termo “embrutecida” para classificar o sentimento da população brasileira e gaúcha diante da crise política que se instalou no país. “A sociedade brasileira e gaúcha está embrutecida. Você não sabe mais dizer bom dia e boa tarde. No trânsito se mata muito, por não respeitar as pessoas e querer chegar primeiro. Você esbarra em alguém, fura uma fila ou ocupa um espaço destinado para pessoas deficientes. Isso é uma doença. Estamos perdendo a civilidade e as regras da boa convivência social. Nas escolas, um aluno agride um professor, profissional que aos poucos abandona a profissão. (…) A sociedade de fato está doente”, contou

Ana Amélia, quando questionada sobre a situação de nosso País disse que é preciso. (...) “Fortalecer as instituições democráticas, dar forças para o juiz Sérgio Moro, Polícia Federal, Procuradoria Regional da República e fazer uma limpeza e uma depuração dos fatos em nosso país”. Ana Amélia imaginava que após o impeachment de Fernando Collor o Brasil seria outro. “Mas não, tivemos o Mensalão e destruíram a Petrobras, maior empresa e orgulho brasileiro. Nós precisamos agora recuperar o tempo perdido e o que aconteceu com essa inversão de valores que nós estamos vendo no nosso Brasil e essa roubalheira do setor público. Aí não há dinheiro que chegue mesmo. Gastam demais e gastam mal. Não faltam recursos, falta é gestão de qualidade para fazer”, disse.


Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS