Cunha preso

O Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha foi preso preventivamente nesta quarta-feira em Brasília pela Polícia Federal (PF), por ordem do juiz Sérgio Moro, um mês após o ex-parlamentar perder o foro privilegiado, já que teve o mandato cassado em plenário. Cunha é investigado na operação Lava Jato e acusado, entre outros crimes, de usar contas bancárias na Suíça para lavar dinheiro de propina oriunda de contratos de exploração de petróleo pela Petrobras em Benin, na África. Suspeita-se que ele recebeu US$ 5 milhões. Moro mandou bloquear R$ 220,7 mi do ex-chefe da Câmara; Cunha reagiu dizendo que prisão, cujo prazo é indeterminado, é absurda. A tese de Cunha é de que os procuradores da Lava Jato e Sergio Moro utilizarão o seu processo para desmontar a tese petista segundo a qual a Lava Jato persegue o PT.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS