Pasin no CIC: "As nossas agendas para o futuro devem ser do tamanho dos nossos sonhos! "


O prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin(PP) palestrou na noite desta segunda-feira no Centro Empresarial da cidade para uma platéia de empresários, políticos, lideres sindicais, imprensa e associados do Centro da Indústria Comércio e Serviços. A palestra do prefeito, tradicionalmente, marca a abertura do calendário de eventos da entidade.

Com a pauta “Construindo o sonho grande de Bento Gonçalves”, o prefeito Guilherme Pasin relatou os caminhos que sua administração está seguindo para resolver problemas históricos do município, como a questão da destinação do lixo, modernização da iluminação pública, construção do novo presídio e o saneamento. O prefeito citou o planejamento estratégico PROGRAMA BENTO 2027, elaborado em 2007 que apontava a necessidade da solução para estas demandas no município. Pasin demonstrou, que mesmo esquecido, pela sociedade, seu governo, ainda que silenciosamente, tem seguido a cartilha ao adotar soluções importantes para estas questões.

O prefeito também destacou a necessidade da união em torno de pautas “maiores”. “As nossas agendas para o futuro devem ser do tamanho dos nossos sonhos! E se nossos sonhos são grandes, nossas pautas também têm que ser grandes”, disse.

No final da apresentação o prefeito respondeu a questionamentos, entre eles a questão da segurança pública. O prefeito garantiu que em 15 dias o Município assinará a ordem de serviço junto ao Governo do Estado, para a construção do Novo Presídio. Já está definida a empresa que fará a construção, será a Verdi Sistemas Construtivos, de Ivoti, a mesma que fez a penitenciária de Canoas.


Pasin alegou que teve de rever alguns conceitos, especialmente sobre a implantação da Guarda Municipal. “Vamos garantir a vinda de 20 novos agentes de segurança para trabalhar de forma cooperada com os órgãos, Brigada Militar e Polícia Civil”, reforçou.

No campo político, apesar de confirmar a desistência de ser um dos nomes como pré-candidato ao Governo do Estado nas Eleições 2018, o prefeito deixou claro que o futuro ainda está em aberto. Questionado sobre um possível número elevado de candidatos no próximo pleito, entende que “as próprias entidades representadas trabalharão para escolher os melhores. Cercear o direito de alguém se candidatar é inaceitável, mas precisamos aqueles com melhores condições”.


Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS