Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2019

Domingo teve milhares de brasileiros nas ruas em favor da Lava Jato

Milhares de brasileiros, vestiram verde e amarelo e foram as ruas neste domingo em pelo menos 68 cidades de 23 estados e do Distrito Federal em defesa do ministro Sérgio Moro e da Lava Jato. Manifestantes usavam roupas com cores da bandeira do Brasil e levavam faixas com frases de apoio ao projeto anticrime de Moro e de pautas defendidas por Bolsonaro. A avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro segue praticamente inalterada e o apoio popular segue forte à Lava Jato, apesar dos recentes vazamentos envolvendo o ministro Sergio Moro e procuradores da operação. Erram aqueles que consideram que as manifestações deste domingo produzem impacto político zero. As manifestações reforçam a tese de que a mesma parcela de classe média brasileira, continua mobilizada e serve para que os deputados considerem essa massa de importantes eleitores para decidir sobre as reformas, já que nos protestos, também foram observadas menções de apoio à reforma da Previdência e ao pacote anticrime, prop

Cai a geração de empregos no RS

O Rio Grande do Sul fechou 11.207 empregos em maio deste ano, segundo dados do Caged do Ministério da Economia. Com o resultado, o RS foi o estado que mais fechou vagas no mês, à frente do Rio de Janeiro (-4.289), Ceará (-1.428), Santa Catarina (-1.159), Alagoas (-746), Rio Grande do Norte (496), Amapá (-283), Maranhão (-106). Todos os demais estados tiveram saldo positivo, com destaque para Minas Gerais (18.380), Espírito Santo (9.384) e São Paulo (6.023). No RS, puxaram o resultado para baixo a Agropecuária (-4.234), Indústria de Transformação (-3.932) e do Comércio (-2.636). Tiveram resultado positivo os setores de Extrativa Mineral (52), Administração Pública (16) e Serviços Industriais de Utilidade Pública (10).

Acordo Mercosul e União Européia trará prejuízos para o vinho brasileiro

No Brasil, a cada dez garrafas de vinhos finos consumidas, nove são importadas. Os dados são do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). É um dado muito preocupante para o setor diante do novo acordo Mercosul e União Européia, assinada pelo presidente Bolsonaro. Atualmente o maior consumo de vinhos estrangeiros pelos brasileiros é do Chile. Mas com o acordo, os vinhos europeus ficarão ainda mais baratos para entrar no Brasil. Para os consumidores o acordo é ótimo. A negociação, fechada na sexta-feira, zera a taxa de 27% cobrada atualmente pelo Mercosul sobre os vinhos europeus. Bebidas destiladas também serão beneficiadas com o fim de taxas que variam entre 20% e 35%. Ou seja, uma péssima noticia para o setor vinícola que enfrenta dificuldades para competir, pois a carga tributária é muito desigual. O acordo vai zerar tarifa de importação dos vinhos europeus tranquilos em 8 anos e dos espumantes em 12. Sâo 28 países da UE e as quatro nações que fazem parte do Mercosul (Brasil, Arge

Governo irá compensar setor vinícola diante do acordo de livre-comércio entre Mercosul e União Europeia

O acordo de livre-comércio entre Mercosul e União Europeia que trará prejuízo ao vinho nacional irá obrigar o governo brasileiro a socorrer o setor. O impacto na redução de imposto vai afetar os produtores brasileiros, que receberão ajuda do governo nos próximos anos. O pacote em negociação é amplo e inclui desde a criação de um fundo para a modernização do setor até a redução de impostos, segundo a imprensa no centro do país. Os europeus faziam questão de incluir no acordo a abertura do mercado de vinhos no Mercosul. Os produtores brasileiros resistiam sob argumento de que os europeus recebem subsídios e têm acesso a financiamentos que os colocam em vantagem na hora de competir. O governo, antevendo que a inclusão do setor seria necessária para fechar o tratado, iniciou as conversas com representantes dos produtores há algumas semanas na tentativa de diluir as resistências por parte dos produtores. As negociações foram conduzidas pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, mas tive

Colheita da uva no RS foi 39% menor

O Rio Grande do Sul colheu 39% menos uvas na safra 2019, mostram dados do Sistema de Cadastro Vinícola (Sisdevin), divulgados pela Secretaria de Agricultura do estado. Nesta temporada, a produção chegou a 404,7 mil toneladas, contra 664,2 mil toneladas na anterior. De acordo com nota da entidade, a redução foi causada, principalmente, pela queda de granizo em outubro do ano passado, que comprometeu parreirais em municípios da Serra Gaúcha, como São Marcos, Nova Pádua, Flores da Cunha e Farroupilha. Este é o primeiro ano que o Rio Grande do Sul compila os dados de forma oficial. “O Sisdevin é único e permite que o gestor público tenha informações para traçar as políticas públicas necessárias para alavancar o setor produtivo vitivinícola, que tem grande importância para a economia do estado”, destaca o secretário da Agricultura, Covatti Filho. Através do sistema, foi possível detectar queda de 7,5% na produção de uvas destinadas à industrialização e a redução de 29,1% na produção de vi

Paquetá em recuperação

A Justiça do Rio Grande do Sul aceitou nesta quinta-feira (27) o pedido de recuperação judicial do grupo Paquetá The Shoe Company, que reúne marcas como Capodarte e Ortopé, ajuizado na segunda (24). A companhia, que acumula uma dívida de R$ 638,5 milhões, tem 60 dias para apresentar o plano de recuperação. Com 74 anos de atuação, o grupo possui 11 indústrias, no Rio Grande do Sul, na Bahia e no Ceará, além de 148 lojas próprias e 86 lojas franqueadas. O faturamento é superior a R$ 1,3 bilhão. Além da Capodarte e Ortopé, fazem parte da companhia as marcas Gaston, Paquetá, Paquetá Esportes, Ateliermix, Dumond e Esposente. A companhia conta com 10.250 funcionários.

Grande Ouro para a Aurora Reserva Chardonnay 2018

O vinho Aurora Reserva Chardonnay 2018 foi o único exemplar do Brasil a conquistar a Grande Medalha de Ouro no concurso The Best Of Wine Weekend 2019. O espumante Aurora Moscatel Rosé recebeu medalha de prata nesse concurso, que avalia os vinhos, de todos os países, inscritos pelos expositores do Wine Weekend, evento em formato de feira com atrações, palestras, gastronomia e música, que este ano chega à sua 10ª edição. Os melhores do Wine Weekend 2019, foram escolhidos em degustações às cegas realizadas por um júri de especialistas convidados pela organizadora do evento, a Market Press. Os avaliadores se reuniram em um restaurante em São Paulo alguns dias antes da abertura e a premiação aconteceu durante o coquetel de abertura da feira, na noite da última quarta-feira (26).

Governo manda ministérios liberarem emendas para deputados que apoiam a nova previdência

O governo pretende liberar R$ 10 milhões em emendas para cada deputado que votar favorável à reforma na comissão especial, e outros R$ 20 milhões para aqueles que a apoiarem no plenário. Os parlamentares receberam reclamações dos prefeitos de que eles não conseguem inscrever as obras que pretendem fazer com os recursos das emendas dos deputados no sistema informatizado dos respectivos ministérios. Por erro do governo, o sistema não está recebendo a inscrição – o que impede a liberação da emenda. Essa falha levou à cobrança dos parlamentares, principalmente os do centrão – partidos como PL e PP, que têm os votos necessários para a aprovação da matéria no Congresso. Deputados cobraram do governo a liberação do sistema, de modo que as emendas possam ser destinadas aos municípios. Aproveitaram e deram o recado de que pretendem cruzar os braços até que a questão seja resolvida.

Família Cini lança livro em homenagem a Aldo Cini

Será no dia 12 de julho, as dependências da CINEX, em Bento Gonçalves, o laçamento do livro "Uma Vida para Empreender" de Aldo Cini. Aldo Cini teve papel fundamental na criação do polo moveleiro gaúcho sendo fundador e primeiro presidente da Movergs - Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul, bem como presidente do Sindmóveis – Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves e vice-presidente da Afam, hoje Abimóvel – Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário. Dedicou sua vida a criação de empresas e produtos inovadores e enxergou mercados muito a frente de seu tempo. Foi chamado de visionário e confiou em sua intuição apontando os caminhos que até hoje direcionam os negócios da família. O livro vai contar a trajetória deste empreendedor.

Economista chefe da FIERGS palestra em Bento dia 06

O economista chefe da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs), André Nunes de Nunes, será um dos palestrantes do 29º Congresso Movergs no dia 06 de agosto, no Dall’Onder Grande Hotel , em Bento Gonçalves. A palestra estará dividida em três partes: a primeira abordará o cenário internacional e os eventos nos próximos 18 meses, a segunda tratará da economia brasileira mostrando que o primeiro semestre foi abaixo do esperado e que os próximos meses serão ‘o retorno da retomada’, e a terceira tratará das reformas e seus reflexos na economia. Também já estão confirmados para palestrar o jornalista Alexandre Garcia; o economista e sócio-diretor do IEMI, Marcelo Prado; e o radialista, apresentador e colunista Marcos Piangers. Cerca de 400 profissionais são aguardados. Para outras informações é possível entrar em contato pelo fone (54) 2102-2450 ou email congresso@movergs.com.br.

Prefeito de Palmeira das Missões assume FAMURS em Bento dia 05

Será no dia 5 de julho, em Bento Gonçalves, a posse do prefeito de Palmeira das Missões, Eduardo Russomano Freire como presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). O gestor foi eleito no mês de maio, com 64 votos, ficando em primeiro lugar entre os candidatos indicados pelos prefeitos e vice-prefeitos do PTD. Conforme sistema de rodízio, um prefeito indicado pelos quatro maiores partidos do Estado comanda a Famurs por um ano. Entre 2019/2020, será a vez do PDT. Freire tem 41 anos é advogado e herdou do pai o gosto pela política, filiando-se ao PDT ainda quando tinha 16 anos. Já foi presidente do diretório municipal e regional, também já atuou como procurador no município de Palmeira das Missões, foi vereador e prefeito reeleito com 70% dos votos. Essa é a segunda vez que um prefeito da região da Associação dos Municípios da Zona da Produção (Amzop) comanda a Federação, em 2017 foi o prefeito de Rio dos Índios, Salmo Dias. O atual presidente é o prefeito de Gari

Bangalô Estação Club terá vinho encanado em Bento

O Bangalô Estação Club, em parceria com a Vinícola Aurora lançam o Gastrobar Pub que terá vinho encanado. Com uma parceria comercial de muito tempo, a maior e mais premiada vinícola do Brasil e o bar, que também é restaurante e danceteria, inspiraram-se na retomada da Fenavinho que trouxe novamente o vinho da região saindo de torneiras no centro da cidade. A idéia desse novo espaço é a de proporcionar essa experiência o ano inteiro aos moradores e visitantes. O lançamento oficial será dia 05 de julho em evento exclusivo para convidados. O projeto Vinho Encanado já está sendo implementado no espaço Bamboo Bar do Bangalô, onde serão disponibilizados 5 pontos de redes duplas de encanamento, totalizando 5 torneiras de vinho tinto e 5 torneiras de vinho branco, distribuídas em colunas próximas às mesas, com livre acesso para os clientes se servirem. Petiscos e delícias da gastronomia italiana também estarão à disposição dos frequentadores no Gastrobar Pub, um espaço para degustações

Governo tenta acordo para incluir estados na Previdência

O governo vai tentar um acordo para que estados e municípios sejam incluídos na Reforma da Previdência. De acordo com o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), os governadores querem discutir a partilha dos recursos da cessão onerosa e do fundo social, que são do pré-sal. A proposta foi feita ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e levada ao ministro da Economia, Paulo Guedes, em reunião hoje. “O que nós desejamos é que a reforma seja a mais ampla e a mais completa possível. Existe um entendimento dentro do Senado de que é importante a inclusão de estados e municípios. Não vamos construir um sistema previdenciário com 27 sistemas distintos, com 2 mil regimes próprios de previdência dos municípios brasileiros. Então, é preciso ter uma reflexão, uma ponderação para que, agora que se aproxima o voto suplementar do relator Samuel Moreira, a gente possa construir a reforma ideal, adequada para o desafio que o Brasil enfrenta”, afirmou Fernando Bezerra. S

Pesquisa Ibope mostra aumento da insatisfação com governo Bolsonaro

Pesquisa Ibope divulgada na tarde desta quinta-feira, 27, revela que a insatisfação do eleitorado com a gestão de Jair Bolsonaro (PSL) aumentou entre abril e junho. O percentual de pessoas que avaliam o governo como “ruim/péssimo’ subiu de 27% em abril para 32% em junho – a variação ficou acima da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. De acordo com o Ibope, o percentual de pessoas que avaliam o governo como “ótimo/bom” caiu de 35% em abril para 32% em junho e como regular, aumentou de 31% para 32% – as duas variações ocorreram dentro da margem de erro. Já o número de pessoas que não confiam no presidente também cresceu de 45% para 51% no mesmo período, enquanto as pessoas que desaprovam a maneira de governar de Bolsonaro subiu de 40% para 48%. O levantamento foi encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e ouviu 2.000 pessoas em 126 municípios entre os dias 20 e 23 de junho. De acordo com o instituto, a confiança é de 95%. Essa é

Começa a 28ª ABF Franchising Expo em SP

Iniciou nesta quarta-feira (26) em São Paulo a 28ª feira de franquias da ABF (Associação Brasileira de Franquias), com cerca de 400 expositores. É uma oportunidade para quem quer abrir um negócio no sistema de franquia. Entre marcas conhecidas, estão Calçados Bibi, Domino's Pizza, Paris 6 Petit, Ragazzo e Tramontina. A feira vai até sábado (29), no Expo Center Norte, em São Paulo. Atualmente, o mercado de franquias responde por quase 2,4% de todo o Produto Interno Bruto (PIB) do País.

Jornalismo sem outro lado é panfleto

Numa das primeiras intervenções que fiz sobre a revelação de pretensas mensagens em celulares dos integrantes da Operação Lava Jato e seu juiz foi a de que o jornalista e seu site que as revelaram têm garantido o direito de manter o sigilo da fonte pela Constituição federal. Isso continua valendo, mesmo que a fonte não fique eximida de responder por eventual crime de quebra de sigilo, direito fundamental da cidadania também definido claramente no escopo do Estado de Direito vigente no País. A primeira lembrança que me acorreu sobre o episódio foi a de Dilma Rousseff reclamando dos vazamentos seletivos. Seletivos ou não, vazamentos são crimes de quem os pratica, no caso, agentes do Estado de posse da informação original. Os jornalistas que os recebem e retransmitem ao público cumprem sua obrigação de ofício, não cometem crime algum. Isso valia no tempo de Dilma e continua valendo hoje, sem tirar nem por. No caso específico do vazamento de eventuais mensagens que reproduzem, segundo os v

Não deu! Lula continuará preso

Após quase cinco horas, acaba a sessão da Segunda Turma do STF para analisar dois habeas corpus pedidos pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O petista seguirá preso. A avaliação do mérito do pedido de habeas corpus de Lula que cita Moro foi adiada, mas não há nova data. Lula está preso há mais de 400 dias, condenado por corrupção no âmbito da Operação Lava Jato. O voto decisivo contra Lula foi de Celso de Mello, fechando o placar em 3 x 2 contra o petista. O resultado encerra dois dias de tensão e idas e vindas a respeito do caso no Supremo. Foi a primeira vez que os cinco ministros que formam a Segunda Turma (Carmen Lúcia, Celso de Mello, Edson Fachin, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski) analisaram os pedidos de liberdade de Lula em meio à crise provocada pela publicação, pelo The Intercept Brasil, de mensagens trocadas entre o Moro e os acusadores do petista. A equipe legal do ex-presidente havia pedido que os diálogos fossem incluídos para reforçar seus argumentos de

Bolsonaro revoga decreto de armas e edita nova versão

Presidente revogou cinco itens: Dois artigos de um decreto de 2000; Um artigo de 2018 e dois decretos deste ano. Ato foi reação ao Congresso: já havia passado no Senado e poderia ser aprovada na Câmara medida que derrubaria os decretos das armas. Horas antes, o porta-voz da presidência havia dito que o governo não revogaria o decreto que flexibiliza porte e posse de armas de fogo no país. O que Bolsonaro revogou hoje:  Decreto 9.797 de 2019, assinado por ele mesmo em 21 maio. Nele, Bolsonaro recuava de alguns pontos considerados polêmicos da primeira versão do decreto de armas - como um artigo que poderia abrir espaço para o embarque a passageiros armados em voos no Brasil e acesso a fuzis. Decreto 9.785 de 2019, também de Bolsonaro - o primeiro editado por ele sobre armamentos. Deu porte de armas a políticos, advogados e jornalistas. O artigo 34-A do Decreto nº 9.607, de 2018, que listava quem tinha autorização para importar produtos de defesa - a lista incluía administração públic

Feira de Inverno abre sábado em Flores da Cunha

A Feira de Inverno dá as boas-vindas para a estação mais fria do ano com muitas novidades em Flores da Cunha. O evento, sediado no Parque da Vindima Eloy Kunz, reunirá num único espaço cerca de 80 expositores de produtos em malhas, confecções, couro, artigos para o lar, artesanato, acessórios, móveis, vinhos e gastronomia, de 29 de junho a 28 de julho de 2019, com entrada e o estacionamento são gratuitos. Durante os cinco finais de semana, shows musicais, exposição, apresentações culturais, gastronomia típica e muito mais prometem fazer do evento uma edição histórica. A Feira de Inverno deve atrair mais de 50 mil visitantes, sempre aos sábados e domingos. A entrada e o estacionamento são gratuitos. O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de Flores da Cunha com organização da Terra do Galo Promoções e Eventos.

Festiqueijo abre nesta sexta em Carlos Barbosa

Inicia nesta sexta-feira, dia 28, em Carlos Barbosa, mais uma edição do tradicional Festiqueijo. Com foco na gastronomia, a FestiQueijo movimenta a cidade de sexta a domingo. Até o dia 28 de julho, o público pode desfrutar de 40 tipos de queijos, 30 tipos de vinhos, 25 tipos de espumantes, além de pratos caseiros como copa, salame, galeto, pastel, polenta brustolada e outros quitutes. A sede é o Salão Paroquial da Igreja Matriz, no centro do município. S ão cerca de 50 artistas, grupos e bandas que embalam o festival.  Os ingressos custam R$ 130 (às sextas), R$ 145 (aos sábados) e R$ 130 (aos domingos) e dão direito a consumação livre, incluindo os shows.

Gás: Aposta do governo para baratear combustível e incentivar indústria

Pacote do governo com o objetivo de promover um “choque” de energia barata e incentivar a indústria prevê o repasse, por parte da União, de um total de R$ 5 bilhões a R$ 6 bilhões por ano do Fundo Social do Pré-Sal aos Estados que privatizarem suas empresas de distribuição de gás e abrirem o mercado à iniciativa privada. O plano Novo Mercado de Gás tem como pilares a saída da Petrobrás desse segmento - com a venda das ações que detém em empresas de transporte e distribuição -, a melhoria da regulação das distribuidoras e a criação da figura do consumidor livre, que compraria gás diretamente de produtores e comercializadores. A expectativa do governo é de que as medidas possam reduzir o preço do combustível entre 40% e 50%, o que elevaria o PIB da indústria em até 10,5% ao ano. Hoje, a energia chega a representar 55% dos custos de produção, caso do setor de cimento. A avaliação é que a quebra do monopólio deve atrair novos players para o mercado, o que trará mais investimentos para o

FSG promove em Bento evento sobre Contabilidade e Direito

Contabilidade e Direito na Nova Economia é o tema de um ciclo de três palestras que a unidade do Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) em Bento Gonçalves realiza dia 26 de junho em parceria com o Grupo Conexão Bento/Farroupilha. O evento ocorre na sede do Escritório Dupont Spiller Advogados, também parceiro da iniciativa, junto com a Creazione – Marcas e Patentes. O ingresso é 1kg de alimento não-perecível, e o montante arrecadado beneficiará a Associação Bento-gonçalvense de Convivência e Apoio à Infância e à Juventude (Abraçaí). As palestras voltadas a acadêmicos e empresários são uma iniciativa da disciplina Contabilidade Gerencial, sob coordenação do professor especialista Tiago Centenaro Mignoni. Os palestrantes são Lígia Spencer (área contábil), Gabriel Dupont e Ruan Libardoni (Direito). A FSG oferece centenas de cursos de Graduação, Pós-Graduação e Extensão presenciais e a distância. A Instituição integra o grupo Cruzeiro do Sul Educacional, um dos mais representativos d

Federação dos municípios realiza Congresso em Bento

A Famurs realiza entre os dias 3 e 5 de julho a 39ª edição do Congresso de Municípios do Rio Grande do Sul. Neste ano, o evento será realizado em Bento Gonçalves, no Grande Hotel Dall’Onder (Rua Herny Hugo Dreher, 197- Planalto). Com o tema “Unidos para superar desafios”, o congresso marca o fim da gestão Antonio Cettolin e encerra com a posse da diretoria para a gestão 2019/2020. A edição deste ano abordará, entre as principais pautas, a reforma da previdência e os desafios da gestão de crise nos municípios. Na sexta-feira, o Congresso vai ser marcado por solenidades. O prefeito de Palmeira das Missões, Eduardo Freire, vai ser empossado presidente da Famurs para a gestão 2019/2020. A diretoria será composta pelos vices-presidentes Cleiton Bonadiman, prefeito de Seberi; Emanuel Hassen de Jesus, prefeito de Taquari; Fábia de Almeida Richter, prefeita de Cristal; Guilherme Rech Pasin, prefeito de Bento Gonçalves; Marcelo Arruda, prefeito de Barra do Rio Azul; Ronaldo Boniatti, prefeito

Bolsonaro disse que problema da previdência é dos estados e municípios

O presidente Jair Bolsonaro avisou que não vai pegar em armas para reincluir estados e municípios nas regras que serão impostas pela reforma da Previdência. Ao contrário. Em reunião com a bancada do Podemos, na última terça-feira (18), ele disse não ver motivos para brigar pelos governadores e avaliou que os mandatários favoráveis a mudanças nas aposentadorias do funcionalismo local devem agir por conta própria –sem se apoiarem no governo federal e no Congresso. A fala de Bolsonaro vai na contramão da articulação construída pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que tenta engajar governadores na votação da reforma para ampliar o número de deputados a favor da proposta. O sinal do Planalto também deve frustrar nomes como João Doria (PSDB). O governador de São Paulo está na linha de frente da defesa da reforma e da validade das novas regras para todas as esferas de poder, nacional e local. Procurado, o líder do Podemos na Câmara, José Nelto (GO), confirmou o discurso de Bolson

Miolo vence nas quatro categorias da grande Prova Vinhos do Brasil

A Vinícola Miolo foi a grande vencedora da grande Prova Vinhos do Brasil. A GPVB reuniu 1.072 amostras inscritas por 122 vinícolas de oito estados brasileiros. A competição é uma realização do Grupo Baco Multimídia dirigido pelo jornalista Marcelo Copello, também presidente do júri. O resultado completo será publicado no Anuário Vinhos do Brasil 2019/2020, que será lançado no Rio Wine and Food Festival, em agosto. A cerimônia de entrega da premiação será durante a Wine South America, em setembro, em Bento Gonçalves (RS). A Miolo foi campeã em quatro categorias: Categoria: Espumante Brut Rosé Charmat Terranova Brut Rosé (Miolo Terranova – Vale do São Francisco, BA) Categoria: Tinto Touriga Nacional Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2018 (Seival/Candiota – Campanha Meridional, RS) Categoria: Rosé Miolo Seleção Rosé 2019 (Seival/Candiota – Campanha Meridional, RS) Categoria: Bag in Box Miolo Seleção Cabernet Sauvignon / Merlot 2017 (Seival/Candiota – Campanha Meridional, RS) A Miol

Guedes X Maia

Uma tentativa de se marcar um almoço de reconciliação entre Rodrigo Maia e Paulo Guedes frustrou-se. Na semana passada, Alexandre Frota foi até a residência oficial de Maia a pedido de Rogério Marinho e Bruno Bianco, da equipe do Guedes, para tentar apaziguar os ânimos. Maia disse que topava o almoço com o ministro. Não foi uma gestão autorizada por Guedes, mas sua equipe trabalhava para tentar esfriar os ânimos entre ele e o presidente da Câmara. Neste final de semana, Guedes avisou a Frota que não iria a almoço algum. Não estava disposto a qualquer reconciliação. Achava (e acha) que Maia atravessou o sinal, atacando-o dia após dia. Avalia que Maia o ofendeu. A coisa piorou devez depois da declaração do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP/PB), líder do Centrão, de que "não adianta Paulo Guedes fazer beicinho" e que ele precisa aceitar uma reforma da Previdência realista. (  O Globo - Coluna de Lauro Jardim )

Projeto que institui marco legal das agências reguladoras determina que caberá ao Senado confirmar as indicações do presidente para direção das agências. Bolsonaro reage

Em novo embate com o congresso, Bolsonaro deixa claro que articulação política não pode definir quem vai assumir o que. Projeto que institui marco legal das agências reguladoras determina, entre outras coisas, que caberá ao Senado confirmar as indicações do presidente da República para direção das agências. O presidente reagiu negativamente ao afirmar que os parlamentares querem transformá-lo em rainha da Inglaterra – que reina e não governa. O que é articulação política? Você sabe o que é. E a gente está tentando fazer o que prometeu durante a campanha, e que o povo entendeu que era o certo a ser feito. O presidente está correto. Não pode haver interesse político ao barganhar cargos em agencias reguladoras. Aliás, há agências reguladoras que precisam ser avaliadas se devem existir ou não. Segundo Bolsonaro, as agências são um "poder paralelo" que "travam" os ministérios. "As agências travam os ministérios, você fica sem ação, tem que negociar com agência, é um

Expobento/Fenavinho encerram neste domingo

Encerra neste domingo, dia 23, a 29ª ExpoBento e 16ª Fenavinho. Com público superior a 200 mil pessoas o evento contabiliza excelentes resultados, tanto para expositores, quanto para prestadores de serviço, bares, hotéis e restaurantes. Estima-se que mais de R$ 40 milhões seja injetados na economia local, fruto do consumo dos visitantes no período do evento. Ao todo 470 expositores e 32 opções na Praça de Alimentação, somados aos 28 estandes no espaço da Festa Nacional do Vinho participaram do evento. Em 2020 a Fenavinho deverá ser novamente realizada em conjunto com a Expobento, porém com um espaço aumentado para acomodar mais vinícolas.

Presidente da Caixa visitou a Expobento e Fenavinho neste sábado

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, reafirmou em Bento Gonçalves, neste sábado, que irá tornar a Caixa a instituição mais lucrativa do país e o banco social mais justo e eficiente de todos os tempos. O presidente esteve no município para retribuir uma visita ao prefeito Guilherme Pasin, que fez em Brasília recentemente, e também para visitar a Fenavinho e a Expobento. Recepcionado na prefeitura pelo prefeito e por secretários, Pedro Guimarães contou sobre as mudanças que esta promovendo na instituição, principalmente sobre o corte de gastos e o choque de gestão. Disse que trabalha para cortar R$ 2 bilhões em compras e serviços. Além disso, os gastos com publicidade cairão de R$ 1 bilhão, para R$ 200 milhões. " R$ 800 mil para trocar a cor do logo da Caixa!, um absurdo", revelou. Nos primeiros 20 dias no cargo, Guimarães trocou todos os vice-presidentes, 38 dos 40 diretores e 74% dos 84 superintendentes regionais. Ele promete vender prédios do banco, ser mais duro

4ª edição da Sparkling Wine Fair em setembro no DF

Vinte e seis vinícolas já confirmaram participação na 4ª edição da Sparkling Wine Fair (SWF), feira internacional dedicada ao lançamento e venda de espumantes, que ocorre em Brasília, de 13 e 14 de setembro, num espaço de 3 000 metros quadrados no Pontão do Lago Sul. Dados do IBRAVIN confirmam que o consumo de espumante na capital federal é 40% superior à média nacional de 25 milhões de litros por ano. De 2017 para 2018 a venda de espumantes no Brasil cresceu 14%. Reafirmando os bons números da ultima edição, com estimativa de renda nos negócios superior a R$ 1,3 milhão e o dobro de visitantes do ano passado, a previsão é receber em torno de 6 mil pessoas entre enófilos, sommeliers, estudantes de enogastronomia e apreciadores da bebida. Até agora são 26 vinícolas ,entre elas, a  Salton, Perini e Aurora. E as estrangeiras: Terra Nostra, Vidigal Wines e Cantine Riondo. Rótulos produzidos na Itália França, Argentina, Portugal e Espanha também poderão ser degustados e adquiridos pelo

Joice Hasselmann diz que projeto da Zona Franca dos vinhos está próximo de ser aprovado

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL), líder do governo no Congresso passa o fim de semana na serra gaúcha. Nesta sexta-feira esteve em Gramado onde visitou o prefeito Fedoca Bertolucci (PDT). No final do dia, veio à Bento Gonçalves visitar a Expobento e a Fenavinho. Joice foi recepcionada pelo prefeito Guilherme Pasin (PP). “Essa é a segunda visita que faço à região. Hoje eu trouxe aqui uma boa notícia para o prefeito de que nós estamos avançando muito nesse caminho da criação da Zona Franca da Uva e do Vinho. O presidente Bolsonaro está muito sensível a isso e o ministro Onyx também. Muito em breve eu devo voltar para a gente inaugurar um diferencial, um olhar diferenciado do governo federal para essa região”, disse.

Anselmi abre em SP primeira loja fora do RS

A Malharia Anselmi, de Farroupilha/RS, abriu no último dia 18, as portas da primeira loja própria fora do eixo Sul do país. A nova unidade fica no shopping JK Iguatemi, em São Paulo. O investimento de R$ 1 milhão na operação paulista faz parte da estratégia da empresa familiar em atingir outras regiões do país e, assim, ganhar visibilidade para um posicionamento de marca nacional. A inauguração contou com a presença de grandes personalidades da moda brasileira e da influencer internacional e parceira da marca, Consuelo Blocker. A loja do JK tem 58 metros quadrados e contará também com a Árvore de "Scandole", que caracteriza a ambientação de outras unidades próprias em homenagem às origens da empresa com quase quatro décadas de história. Elaborada com mais de dez mil lascas de madeira de demolição, inspirada nas telhas que cobriam as casas dos recém-chegados imigrantes italianos no Rio Grande do Sul, a obra de arte é assinada pelo artesão bento-gonçalvense Celso José Schleic

Union Distillery abre ao público para visitação, com loja e degustação

Inaugurada em junho de 2015, num investimento de R$ 30 milhões, a filial da Union Distillery no Vale dos Vinhedos concluiu seu projeto de modernização e expansão, ampliando a capacidade produtiva e a competitividade da empresa. A Union Distillery tem 68 anos de atuação no mercado de bebidas e sede em Veranópolis.  Agora, no Vale dos Vinhedos, a Union Distillery abre ao público para visitação, com loja e degustação.

Disputa pelo lugar de Raquel racha o Supremo

A disputa pela indicação do próximo ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) está dividindo o STF (Supremo Tribunal Federal), que elabora a lista tríplice de candidatos que será enviada a Jair Bolsonaro. O presidente tem a palavra final na escolha. Um dos candidatos é Carlos Mário Velloso Filho —o pai dele, Carlos Velloso, já foi ministro do STF. Ministros da corte, no entanto, consideram a candidatura imprópria justamente por manter a prática de indicação de filhos de magistrados, ou ex, para cargos no Judiciário. Um dos integrantes do STF disse à coluna que é chegada a hora de adotar a “nova política” também nos tribunais. O fato de Velloso defender de forma enfática o ministro Sergio Moro, da Justiça, no escândalo das mensagens também desagradou alguns magistrados, que enxergam nisso uma tentativa de conquistar a simpatia do presidente Jair Bolsonaro. Um outro candidato é Marçal Justen Filho, do Paraná. Ele tem o apoio de Edson Fachin, do mesmo estado. Já Fabricio Mende

Presidente da Caixa estará em Bento neste final de semana

O presidente da Caixa Federal estará em Bento Gonçalves neste sábado. Pedro Duarte Guimarães, recebeu o convite oficial para visitar a capital do vinho, no mês passado em visita do prefeito Guilherme Pasin em Brasília. Ele terá um encontro com o prefeito de Bento e com secretários, depois fará uma visita à Expobento/Fenavinho, onde participa também de encontros com representantes do setor imobiliário e empresários.  Antes, nesta sexta-feira, o presidente da CEF estará em Porto Alegre para outra agendas. Entre elas, a assinatura de um contrato de R$ 220 milhões com a Caixa Econômica Federal e a Prefeitura de Porto Alegre. O recurso, que era pleiteado desde 2017, será investido na construção da Estação de Tratamento de Água Ponta do Arado, beneficiando 250 mil pessoas.O contrato é um sinal da recuperação das contas que a gestão do prefeito Nelson Marchezan tem promovido na prefeitura. Desde as obras da Copa, o município não tinha financiamento aprovado. Também haviam sido negados qu

Ministro Floriano Peixoto vai para os correios

Bolsonaro decidiu exonerar o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, general Floriano Peixoto. Ele ficará com a presidência dos Correios, no lugar do também general Juarez de Paula. Essa é a segunda troca na Secretaria- Geral – Gustavo Bebianno foi demitido em fevereiro. Também é a quarta baixa entre os militares em 15 dias. Ainda não foi definido quem ficará no lugar de Peixoto. Fica claro, que a cada troca de ministros o presidente passa o recado de que, quem não estiver de acordo com seu pensamentos e planos tá fora. A mudança representa um rebaixamento para Floriano. Ao presidir os Correios, estará vinculado ao ministro Marcos Pontes, da Ciência, Tecnologia, Inovações e e Comunicações. Na semana passada, em café da manhã com jornalistas, Bolsonaro disse que demitiria o então presidente dos Correios por ele ter se comportado como "sindicalista". A justificativa seriam seus gestos durante audiência pública na Câmara. Desagradou ao presidente o fato de o general ter

2º Encontro Nacional de Confrarias do Vinho será em julho em Bento

Será no dia 06 de julho, no centro empresarial de Bento Gonçalves, o 2º Encontro Nacional de Confrarias do Vinho. Com a promoção do Bento Convention Bureau (BCB) o encontro inicia as 19h, com a apresentação das Confrarias presentes. Na sequência, o engenheiro agrônomo, enólogo e proprietário da Vinícola Cave Geisse, o chileno Mário Geisse, irá explanar sobre terroir. Mário também atua como enólogo chefe da Casa Silva, respeitada vinícola chilena que, desde 1997, elabora premiados vinhos na região do Vale de Colchagua. Depois, Adriano Miolo, enólogo e superintendente da Vinícola Miolo, reconhecido no mundo do vinho, que cresceu em meio aos parreirais da família e membro da Confrérie des Chevaliers, da Borgonha, França que em conjunto com o português Miguel Almeida, que desde 2004 trabalha como enólogo do Grupo Miolo falarão sobre os “Icones da Miolo no Brasil”. Aos participantes, ainda haverá a degustação dos produtos: Testardi Syrah safra 2017 (Vale do São Francisco), Miolo Merlot T

Bolsonaro transfere articulação política de Onyx

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu fazer mudanças na articulação política do Planalto. As responsabilidades saíram da Casa Civil, do ministro-chefe Onyx Lorenzoni, para a Secretaria de Governo, que será assumida pelo general Luiz Eduardo Ramos. A decisão foi publicada em medida provisória, a MP 886, no Diário Oficial da União desta quarta-feira (19/06/2019). De acordo com o texto, a subchefia de Assuntos Jurídicos (SAJ) sai da Casa Civil, do guarda-chuva de Onyx, e vai para a Secretaria-Geral, que está sob o comando do general Floriano Peixoto. O órgão é responsável por toda a análise jurídica de atos assinados pelo presidente. A| medida também transfere o programa de parcerias e investimentos (PPI) da Secretaria de Governo para a Casa Civil. Criado em 2016, o programa tem a finalidade de ampliar e fortalecer a interação entre o Estado e a iniciativa privada, por meio de parcerias e medidas de desestatização. Na sexta-feira (14/06/2019), um dia antes de demitir o general Santo

Convenção Estadual de Contabilidade será em Bento em agosto

De 14 a 16 de agosto, em Bento Gonçalves, receberão o maior evento da classe contábil gaúcha, a 17ª Convenção de Contabilidade do RS (CCRS), que tem a expectativa de reunir cerca de 2.000 pessoas. Com o tema “Disrupção Contábil: Técnica, digital, cultural” – “Experimente a Transformação”, o evento visa inovar conceitos, repensar processos e readequar estruturas, a partir de plataformas integradas e do uso da inteligência artificial, com uma programação que discute tópicos da contabilidade e reflete sobre o futuro e as perspectivas da profissão contábil. Realizada pela Academia de Ciências Contábeis do RS, com organização do Conselho Regional de Contabilidade do RS, a Convenção contará com a apresentação de trabalhos científicos e a participação de renomados palestrantes, como o Web ativista Gil Giardelli, e o autor do livro “Pega a Visão”, Rick Chesther. Paralelamente à CCRS, acontecerá a Feira de Negócios e Oportunidades, na qual os convencionais poderão conhecer e apreciar as novid

Portaria do governo federal autoriza trabalho aos domingos e feriados na indústria vinícola

Uma portaria assinada nesta terça-feira (18) pelo secretário da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, autoriza o trabalho aos domingos e feriados na indústria vinícola. Com isso, a atividade passa a integrar as 78 áreas abrangidas pela Medida Provisória 881/2019, que detêm a mesma prerrogativa. Em nota, o presidente do Sindicato da Indústria do Vinho, do Mosto de Uva, dos Vinagres e Bebidas Derivados da Uva e do Vinho do RS (Sindivinho), Benildo Perini, exaltou a portaria: — É importante que a uva chegue na vinícola para ser processada no menor tempo possível para mantermos a qualidade. A uva tem o tempo certo para ser colhida e processada. O que vínhamos buscando era que a portaria atendesse um pleito que já está previsto na CLT para várias atividades, com as devidas recompensas financeiras e respeitando a carga horária prevista em leis. A decisão deve ser publicada na edição desta quarta-feira (19) no Diário Oficial da União e passa a vigorar de forma imediata. ( Fonte : Pioneir

A Lava Jato é intocável!

O único interessado em desmoralizar a maior operação de combate a corrupção da história do Brasil, com mentiras e atitudes criminosas, é o próprio corrupto. Existe uma quadrilha de bandidos se articulando para não ir presa e os já encarcerados, descaradamente, mentem-se respaldados em ilícitos para confundir a opinião pública. Esta é a única verdade que todos os brasileiros precisam enxergar e compreender. O suposto vazamento entre o ex-juiz Sérgio Moro e os procuradores da Lava Jato não passa de mais um alarde desnecessário dos canalhas corruptos. Contudo, a corrupção de R$ 2 trilhões é fato, e nada exime a associação criminosa PT/MDB de muita maldade, quando estavam à frente do Planalto central. A operação contra a corrupção precisa do apoio da sociedade brasileira – esse câncer no Brasil necessita de enfrentamento enérgico e coletivo. Existem almas ocultas que alimentaram a roubalheira ao longo dos últimos 20 anos. Mídia, crime organizado, partidos políticos, pressões corpora

Aurora participa do Wine Weekend em SP

De 27 a 30 de junho, no Pavilhão da Bienal do Ibirapuera em São Paulo acontece a 10ª. Edição do Wine Weekend. O evento reúne vinícolas nacionais e estrangeiras. A Vinícola Aurora, uma das mais tradicionais expositoras da feira participa do evento com sua linha de vinhos e espumantes com destaque para o icônico Aurora Millésime Cabernet Sauvignon, que chegou ao mercado no ano passado na nova safra 2015. Em edições anteriores, em sua safra 2012, esse vinho foi campeão de vendas da Aurora no Wine Weekend. Todos os 4 varietais tintos da América do Sul que integram a linha Pequenas Partilhas Notáveis da América estarão à venda e em degustação em vários momentos: Cabernet Franc do Brasil (medalha Duplo Ouro no Concurso Mundial de Bruxelas-Brasil 2018), Malbec da Argentina, Tannat do Uruguai e Carmenére do Chile. O suco de uva integral natural Casa de Bento Orgânico e o azeite chileno extra virgem Pequenas Partilhas Notáveis da América são outras boas opções de compra.

O chef do Restaurante Guri ganha reconhecimento internacional

O chef gaúcho Enio Valli passou a integrar o seleto grupo da delegação brasileira da Federazione Italiana Cuochi (FIC), reconhecida pela World Association Chefs Society (WACS). A novidade foi divulgada na manhã desta sexta-feira (14), em um comunicado oficial. Em breve, a placa estará exposta no GURI – Cozinha de Origem, restaurante comandado pelo chef no Vale dos Vinhedos. Enio Valli é o primeiro cozinheiro de Bento Gonçalves e o oitavo do Rio Grande do Sul a ser convidado para a FIC Brasile, em forma de reconhecimento pelo trabalho que faz pela valorização da gastronomia local. Do Sul ao Nordeste brasileiros, apenas 200 profissionais são associados ao grupo. A Federazione Italiana Cuochi conta com 22 mil participantes pelo mundo. Além de chefs, a entidade tem a atuação de outros profissionais do setor de alimentos e bebidas, como sommeliers, baristas e nutricionistas. 

Guedes dispara contra a Câmara e Maia responde: "Usina de Crises"

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fez duras críticas ao novo texto da reforma da Previdência, apresentado pelo relator Samuel Moreira (PSDB-SP) na comissão especial da Câmara. O ministro reclamou da retirada da aplicação automática das regras a estados e municípios, da exclusão da capitalização e da criação de uma nova regra de transição para atender ao "lobby dos servidores públicos". A regra inserida no texto pelo relator permite ao servidor público que já tiver ingressado no serviço público aposentadoria aos 60 anos de idade, se homem, e 57 anos, se mulher, caso ele pague um pedágio de 100% sobre o tempo que falta para ele se aposentar. Será preciso, ainda, ter 20 anos de serviço público e cinco no cargo. No caso do trabalhador da iniciativa privada, ele terá de pagar um pedágio de 100% sobre o tempo que falta hoje para se aposentar e ter, no mínimo, 57 anos e 30 de contribuição, no caso das mulheres, e 62 anos de idade e 35 de contribuição, caso dos homens. O minist

Nova unidade da Santa Clara já opera em Casca

Será dia 12 de julho a inauguração oficial da nova unidade da Cooperativa Santa Clara no município de Casca (RS). O evento está marcado para 13h30min, nas novas instalações localizadas na Estrada RS-129 s/nº, Km 165. A Cooperativa Santa Clara está com 40 vagas de emprego abertas lá. A construção de 22 mil metros quadrados já está concluída e já está na fase final de testes dos equipamentos para envase do leite UHT. A capacidade instalada é para industrialização de 600 mil litros por dia, iniciando em julho com processamento previsto de 300 mil litros/dia. A nova unidade produzirá todas as versões de leites UHT: integral, desnatado, semidesnatado e zero lactose, ampliando futuramente para outros produtos derivados. As novas instalações representam um investimento de R$ 130 milhões. Mais de 50 funcionários já estão trabalhando na nova indústria.

Governador anuncia extinção da substituição tributária para o setor vitivinícola em setembro deste ano

Na abertura oficial da ExpoBento e da Feira Nacional do Vinho (Fenavinho), o governador Eduardo Leite anunciou uma notícia já aguardada pelo setor vitivinícola. Atendendo a uma demanda antiga dos empresários, Leite confirmou a eliminação da substituição tributária (ST) de vinho e espumantes, cujas alterações necessárias devem ser concluídas em julho. O RS pretende deixar de aplicar a ST nas operações internas a partir de 1º de setembro. Leite adiantou que os secretários estaduais Ruy Irigaray, do Desenvolvimento Econômico e Turismo, e Covatti Filho, da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, estão em tratativas com outros Estados, especialmente São Paulo, para que tomem a mesma decisão. “Reconhecemos a importância dessa demanda histórica do setor vitivinícola. A medida faz parte de uma lógica de enfrentamento à crise fiscal que também procura resolver questões de Estado, promovendo uma agenda de desenvolvimento para permitir que o setor produtor faça o que faz de melhor: produ

Bento, Pasin, Mourão, Fenavinho...História

Bento viveu nesta sexta-feira(14) um dia histórico. Há mais de três décadas uma das mais altas autoridades da república não vinha à Bento Gonçalves. O último talvez tenha sido o General João Baptista Figueiredo. Antes dele Geisel e depois dele, ninguém mais. O General Hamilton Mourão, vice-presidente da república, talvez não tenha a exata compreensão do significado que sua presença em Bento Gonçalves, represente. Talvez muitos dos que estavam lá, na cerimônia de abertura da Fenavinho, também não tenham. Há, porém uma certeza. Não há ninguém mais plenamente realizado e contente do que o prefeito de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin. Aliás, contentamento, é bom que se diga, é o prazer resultante da realização daquilo que se espera ou do que se deseja. Melhor dito: daquilo pelo que se trabalhou e conquistou. Pasin trabalhou e conquistou. Tudo aquilo que aconteceu hoje passa exclusivamente pela liderança, capacidade de articulação política, trabalho, foco, e determinação de um prefeito q

Inconformados com a democracia, sindicalistas vão bagunçar sua vida nesta sexta-feira

O País amanheceu parcialmente paralisado nesta sexta-feira na Greve Geral convocada pelas centrais sindicais; em doze Estados mais o DF, não há transporte público; em São Paulo, metalúrgicos, químicos, petroleiros, urbanitários, professores, bancários e servidores públicos estão apresentando altos índices de adesão - o sindicato dos rodoviários (ônibus) recuou da adesão à greve e os ônibus circulam na cidade. Em muitas capitais há transtornos para a população.  Em São Paulo, Metrô, CPTM e EMTU operam parcialmente. Militantes do MST bloqueiam a BR 290, no km 124, em Porto Alegre (RS), causando enorme congestionamento. Movimento Sem Teto bloqueia acesso ao Rio de Janeiro (RJ).Alunos e professores realizam protesto em frente ao portão principal da Universidade de São Paulo (USP), na Cidade Universitária, em São Paulo (SP). Manifestantes fecham o maior complexo educacional de Maceió, o Cepa (Centro Educacional de Pesquisa Aplicada), na avenida Fernandes Lima. O local abriga escolas, a

Bolsonaro troca o terceiro ministro

O presidente Jair Bolsonaro demitiu o ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, e nomeou para o cargo o general de Exército Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, comandante militar do Sudeste. Primeiro militar a deixar o ministério de Bolsonaro, Santos Cruz foi alvo de ataques do escritor Olavo de Carvalho e do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ). O general geria os recursos da Secretaria de Comunicação. É o terceiro ministro de Bolsonaro que perde o cargo em 5 meses. O general Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, atual comandante militar do Sudeste, é o novo ministro. Batista Pereira é amigo de Bolsonaro desde a escola de cadetes, nos anos 70, e um dos poucos que têm liberdade para aconselhar o presidente. Assim como outros colegas de Esplanada, também serviu no Haiti. Ao demitir Santos Cruz, Bolsonaro deu sinais negativos. A principal é de que Olavo de Carvalho anda calado, mas continua forte.

Nova reunião da Frente Parlamentar em Defesa da uva e do Vinho será nesta sexta em Bento

Será nesta sexta-feira (14) a reunião da Frente Parlamentar em Defesa da Uva e do Vinho em Bento Gonçalves. O presidente da Frente , deputado federal Afonso Hamm (PP) promove nova reunião com empresários do setor, políticos e convidados durante toda a tarde na sede do IBRAVIN. Nosso compromisso é fortalecer a cadeia produtiva da uva, do vinho, espumantes, sucos e derivados, que movimenta cerca de R$ 9 bilhões por ano no Brasil. Apesar de ter vinhos premiados pela qualidade, de cada 10 garrafas de vinhos finos vendidos no país, nove são importadas”, alerta Hamm. A retirada da subsituição tributária do vinho e a criação da Zona Franca para vinhos estão entre os assuntos a serem novamente debatidos. A revisão da substituição tributária na cadeia do vinho já foi anunciada pelo Governador Eduardo Leite durante a inauguração da nova fábrica da Vinícola Aurora recentemente. A expectativa do setor é que, com uma decisão do Rio Grande do Sul - que corresponde a 30% do mercado consumidor de

Expobento e Fenavinho abrem nesta quinta em Bento.Solenidade oficial é sexta com a presença do vice Mourão

Abre nesta quinta-feira(13) a Expobento e a Fenavinho em Bento Gonçalves. A solenidade oficial, porém, será na sexta (14) às 11 horas com a presença de autoridades de convidados, entre eles, o governador do RS, Eduardo Leite e o vice-presidente Gal. Hamilton Mourão. Quem visitar os eventos (até 23 de junho, de segunda a sexta das 18h às 22h30, aos sábados, domingos e feriados das 10h às 22h) vai encontrar uma programação repleta de atrativos para todos os gostos. São 470 expositores confirmados – número 6% maior em relação ao ultimo ano – de diversos segmentos trazendo boas oportunidades de compras para os visitantes. É possível encontrar desde itens do mundo da moda (feminina, masculina, infantil e acessórios), passando por variedades e itens para o lar, até imóveis. Haverá estandes especializados em automóveis e espaço reservado para conhecer as novidades da indústria, comércio e serviços. Visitar a ExpoBento e Fenavinho também será uma experiência gastronômica: são mais de 30 opções

Massaria, a novidade da Di Paolo na Fenavinho,

A Casa Di Paolo vai lançar na Fenavinho, que acontece de 13 a 23 de junho, em Bento Gonçalves, um novo modelo de negócios: a Massaria Di Paolo. O projeto, liderado pelo sócio-fundador Paulo Geremia, tem o objetivo de oferecer uma comida rápida, própria para locais de grande circulação, com a mesma qualidade servida pelo Di Paolo há 25 anos. A Massaria Di Paolo vai oferecer sopa de capeletti, polenta mole, massas e molhos em embalagens prontas para consumo. Elaboradas pela Di Paolo Alimentos, as massas são nhoque, ravióli (massa recheada com carnes e especiarias), minitortéi (massa recheada com abóbora), capeletti e spaghetti. Entre os molhos, pode-se optar por pomodoro, ossobuco, quatro queijos, tomate seco, noccioli e pesto. O cliente vai poder fazer a combinação que quiser entre massa e molho, inclusive optando pelo capeletti com molho, em vez da sopa. Para apresentar o novo negócio ao público, a Massaria Di Paolo chega em um contêiner, projetado pela arquiteta Letícia Zanesco. No

Relator da Previdência fecha o texto e deixa para Estados e municípios ter que negociar com deputados

O relator da reforma da Previdência, Samuel Moreira (PSDB-SP) vai excluir Estados e municípios do texto e abrirá mão de mudanças nos benefícios pagos a idosos carentes e na aposentadoria rural. Ele deve manter o tempo mínimo de contribuição de 15 anos para mulheres e reduzir a idade mínima de professoras para 57 anos. Mudanças trazem problemas para Estados e municípios. Fará com que governadores e prefeitos tenham que barganhar com deputados o apoio antes da votação em plenário. A inclusão ou não de estados e municípios na reforma é um dos pontos de maior atrito entre a equipe econômica e parlamentares, que não querem arcar com o desgaste de aprovar mudanças nas regras de aposentadorias de funcionários públicos estaduais e municipais. Samuel Moreira não aguentou a pressão. Na tarde desta quarta-feira, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ressaltou que a inclusão de estados e municípios, por emenda no plenário da Casa, é "uma questão política". — Na hora da

Em troca de apoio, 25 governadores negociam a retirada de pontos da reforma da Previdência

Governadores reunidos nesta terça-feira (11) em Brasília se comprometeram a defender a aprovação da reforma da Previdência no Congresso desde que sejam retirados pontos do texto. Retirar do texto o regime de capitalização, uma espécie de poupança que o trabalhador faz para garantir a aposentadoria no futuro; Manter as regras atuais de aposentaria rural; Manter as regras atuais de concessão do Benefício de Prestação Continuada (BPC), pago a idosos e a deficientes carentes. O encontro contou com a presença de 25 dos 27 governadores – apenas os governadores do Maranhão e do Amazonas não participaram, de acordo com os organizadores – além do relator da reforma da Câmara, também estavam o presidente da Comissão Especial, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e da líder do governo Bolsonaro no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP).

Congresso autoriza governo a tomar empréstimo

Com apoio unânime de 450 deputados e 61 senadores, o Congresso aprovou autorização especial para que o governo capte R$ 248,9 bilhões em empréstimos para cumprir compromissos como o pagamento de benefícios sociais, caso do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Como a prática é vedada pela Constituição e seu descumprimento é crime de responsabilidade, o governo precisou do aval do Legislativo. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que o resultado é um “sinal claro” da disposição dos parlamentares em apreciar matérias de interesse do País. A votação do crédito suplementar só foi possível porque o governo aceitou liberar R$ 1 bilhão para o Minha Casa Minha Vida e R$ 1 bilhão para o custeio de universidades. Foram prometidos R$ 550 milhões para a transposição do Rio São Francisco e R$ 330 milhões para bolsas de pesquisas ligadas à pasta de Ciência e Tecnologia.