Ex-senador Gim Argello é preso, em Brasília, em nova fase da Lava-Jato


O ex-senador Gim Argello foi preso preventivamente pela Polícia Federal (PF) em Brasília, nesta manhã de terça-feira (12/4), na 28ª etapa da Lava-Jato. As investigações apuram a existência de indícios concretos de que "destacado integrante da Comissão Parlamentar de Inquérito instaurada no Senado Federal e também da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito instaurada no Congresso Nacional", que apuram irregularidades no âmbito da Petrobras no ano de 2014, teria atuado de forma incisiva no sentido de evitar a convocação de empreiteiros para prestarem depoimento.O investigado teria cobrado pagamentos indevidos, de acordo com a apuração da PF, travestidos de doações eleitorais oficiais em favor dos partidos de sua base de sustentação.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS