O nordeste vota em Lula e o sul pode fazer justiça

O grande colégio eleitoral do ex-presidente Lula sempre foi sempre a região nordeste do Brasil. É lá em que todas as denúncias contra ele parecem ser simplesmente ignoradas e são poucos aqueles que ousam condená-lo. Se o nordeste vota em Lula, o sul ficou com a tarefa de julgá-lo. Foi em Curitiba que tudo começou e agora é a vez de Porto Alegre. O Tribunal Regional Federal da 4a. Região marcou para 24 de janeiro o julgamento do ex-presidente no caso do tríplex do Guarujá. Com isso, a sentença deverá sair antes do início do prazo de registro de candidaturas, antecipando o quadro da campanha de 2018. Se for condenado em segunda instância, Lula será considerado inelegível pela Lei da Ficha Limpa, e terá de tentar recursos judiciais. Petistas acusam o TRF-4 de perseguição. Os tucanos acham que, se condenado, Lula "estará morto”. Lula também poderá ser preso. Com base em jurisprudência firmada pelo STF, condenados em 2.ª instância podem ter a pena executada.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS