Ministro da Saúde Ricardo Barros esteve em Caxias ouviu demandas dos prefeitos e anunciou alguns recursos

Barros esteve em Caxias do Sul nesta quinta-feira (08), onde fez uma reunião de trabalho com gestores da área da saúde e prefeitos da região. Na visita a Caxias, o ministro anunciou repasse de mais R$ 966,5 mil anuais para o custeio do Hospital Geral de Caxias. Dos prefeitos da região recebeu pedidos para a liberação imediata de verbas que estão atrasadas e da destinação de outros recursos para o atendimento público na saúde. Gestores de outras instituições, como o Hospital Pompéia e Hospital São Carlos, também apresentaram demandas de mais recursos, o que será avaliado pelo governo federal. Antes de vir a Caxias, o ministro esteve em Porto Alegre, onde participou da inauguração da nova Subestação de Energia e do lançamento da pedra fundamental do Centro de Hematologia e Oncologia no Hospital Conceição, que terá 94 leitos e tem previsão de conclusão das obras em até 3 anos.Mais cedo, o Hospital Cristo Redentor, do mesmo grupo, inaugurou 30 leitos de neurocirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Lá, Barros suscitou o debate em torno da falta de leitos para pacientes do SUS. "A tendência mundial é, de fato, reduzir leitos, porque toda a política que nós fazemos de atenção básica, de home care, é desospitalização. Então, podem conviver com essa notícia de que estamos reduzindo leitos, porque essa é a política, esse é o objetivo", afirmou o ministro à RBS TV.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS