Pesquisa com eleitores de Santa Cruz do Sul aponta disputa acirrada para o Piratini

O jornal diário Gazeta do Sul, de Santa Cruz do Sul publicou nesta sexta-feira(04) pesquisa de intenções de votos para governador, que encomendou junto ao Instituto Methodus. A pesquisa ouviu apenas a população de Santa Cruz.

Sartori e Eduardo Leite estão empatados tecnicamente, mas a rejeição de Sartori é alta.

Eduardo Leite, PSDB, 15,5%; Sartori, MDB, 15,3%;Jairo Jorge, PDT, 13,3%; Miguel Rosseto, PT, 12,3%; Mateus Bandeira, Novo, 6%;Roberto Robaina, Psol, 4%.Brancos e nulos somam 9,8% e não sabem, 15,3%.

O instituto também mediu a rejeição dos candidatos: Sartori, 53,8%;Rosseto, 22,3%; Robaina, 10%. Os demais, possuem rejeição inferior a dois dígitos.

Na cidade, comandada pelo PP, do prefeito Telmo Kirst, o pré-candidato do partido, deputado Luiz Carlos Heinze tem 2,8% na espontânea e 8,8% na estimulada.

Em caso de segundo turno os cenários seriam estes:

1o cenário - Leite, 22,5%; Sartori.16%. Brancos, nulos e indecisos, hoje, somam 61,6%.
2o cenário -Sartori.15.5%; Rosseto, 14%. Brancos, nulos e não sabe, somariam 70%.
3o cenário - Jairo Jorge, 18,5%; Sartori, 15,3% Brancos, nulos e indecisos somariam 62,3%.

A pesquisa ouviu apenas 400 pessoas. Na espontânea, Sartori leva 7,5%; Leite, 6,8%; Jairo Jorge, 5,8%; Rosseto, 5,5%.


No levantamento para deputado federal, o nome mais citado foi o de Sérgio Moraes (PTB), que está no terceiro mandato na Câmara e no ano passado anunciou que não pretende mais concorrer. Na sequência, aparece outro atual parlamentar, Heitor Schuch (PSB), que será candidato à reeleição. Os dois foram os deputados mais votados em Santa Cruz na eleição de 2014.

Também foram mencionados Marcelo Moraes (PTB), que está no segundo mandato na Assembleia Legislativa, mas dessa vez deve buscar uma vaga na Câmara, e o vereador Edmar Hermany (Progressistas), que concorreu em 2014, mas não deve disputar esse ano, já que o partido em Santa Cruz fechou apoio à candidatura de Pedro Westphalen. As demais menções foram de políticos sem ligação direta com a região, dentre os quais destacam-se nomes do PT, como Paulo Pimenta, Marco Maia e Maria do Rosário – os três estiveram entre os dez mais votados em Santa Cruz em 2014.

Já no levantamento para deputado estadual, os nomes mais citados foram os de Marcelo Moraes e da vereadora Kelly Moraes (PTB), que é pré-candidata à Assembleia. Na sequência vêm o ex-deputado Osmar Severo e o empresário Jair Jasper, que foram candidatos em 2014, mas não devem concorrer em 2018. Sérgio Moraes e Heitor Schuch também foram citados, assim como o secretário municipal Henrique Hermany (Progressistas), cuja candidatura chegou a ser cogitada; no entanto, depois abriu mão. Além de Kelly, apenas dois dos 15 pré-candidatos já lançados na região foram lembrados: o atual deputado Edson Brum (MDB) e o vereador Ari Thessing (PT). Foram citados ainda dois atuais deputados sem ligação com a região: Bombeiro Bianchini (PPL) e Elton Weber (PSB).

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS