Grupo Veronafiere confirma mudança de data da Vinitaly em Verona

Exterior aerial photo of Vinitaly

A Vinitaly, uma das maiores feiras internacionais de vinho, foi adiada para meados de junho, quando a Itália luta para conter um surto do novo coronavírus.

A feira deveria começar em 19 de abril na cidade italiana de Verona, a 70 km de uma pequena cidade que foi colocada em quarentena por causa de uma alta concentração de casos de coronavírus.

O Veronafiere, o grupo que organiza a Vinitaly, disse em comunicado na terça-feira que está programando a feira de 14 a 17 de junho para evitar dificuldades em suas atividades promocionais.

Nos últimos dias, a feira de móveis e design de Milão e a feira de cosméticos de Bolonha Cosmoprof também foram apresentadas devido ao coronavírus.

Vinte e sete pessoas morreram na Itália devido à doença altamente contagiosa nas últimas 24 horas, elevando o número total de mortos para 79, segundo a Agência de Proteção Civil.

O aumento das mortes foi o maior desde o surgimento do surto, 12 dias atrás, nas ricas regiões do norte da Lombardia e Veneto.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal