Grupo Todeschini apresentou esta semana em Cachoeira do Sul, a nova Todesmade


O Grupo Todeschini, inaugurou nesta semana em Cachoeira do Sul, na região Central do Estado a nova planta industrial da Todesmade. O investimento de R$105 milhões é faz parte de um projeto, denominado Sinergia, que inclui 8,4 mil hectares de florestas plantadas e um estoque de mais de três milhões de metros cúbicos de toras de madeira para serem processados. 

A apresentação da indústria e do Projeto Sinergia foi conduzida pelo presidente do grupo, Paulo Farina, e por seu irmão, João Farina Neto, pelo diretor industrial Jorge Pallastrelli e pelo gerente da Unidade, Sidiano Valduga.

A obra iniciou em março de 2019 e a previsão de inauguração era para este ano, mas, em função da pandemia, os empresários tiveram algumas dificuldades no fornecimento de suprimentos para a construção. O grupo pretende estar com a indústria em pleno funcionamento no mês de abril de 2021. A construção da indústria segue o conceito da sinergia, onde tudo se aproveita, inclusive a casca do pinus, para a caldeira.

Além dos pavilhões, o grupo Todeschini está investindo em máquinas modernas, grande parte delas importadas. A indústria contará com cinco prédios: serraria (para o corte e descasque da madeira), remanufatura (para classificação da madeira serrada e fábrica de pellets), caldeira, manutenção e o último que abrigará escritório, refeitório e vestiário. As edificações do complexo atingirão 20 mil m² em uma área total de 68 mil m². A pavimentação externa chegará a 25 mil m².

O projeto arquitetônico é da Pardini Arquitetura e Engenharia de Porto Alegre.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal