Governo Federal abre torneiras e sai em socorro das contas a pagar nas Olímpíadas

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles (PP-RJ), decretou "Estado de Calamidade Pública no âmbito da administração financeira" no Estado. O decreto foi publicado nesta sexta-feira (17) na segunda edição do Diário Oficial. No texto, o governador justifica a medida pela "grave crise econômica que assola o estado", e diz que a crise está impedindo o Rio de "honrar seus compromissos" para a realização da Olimpíada de 2016. O decreto possibilita às "autoridades competentes" a receber dinheiro sem o necessário trâmite, como processo licitatório, aprovação pelo legislativo e outras modalidades de compras públicas. São mais de R4 2,5 bi para obras e contratação de prestadores de serviço. Com mecanismos de fiscalização vulneráveis à corrupção, será lógico prever superfaturamento e desvio de mais dinheiro público.

POSTAGENS MAIS VISITADAS