A confissão dos marqueteiros

A confissão dos marqueteiros de Lula e Dilma (João Santana e sua mulher) de que houve recursos não declarados irrigando a campanha de 2010, “Foi caixa dois mesmo, Excelência”, como disse a mulher de Santana, Mônica Moura, também em depoimento, é um confissão explosiva, que pode não ter nenhum efeito prático ou legal para resolver a atual crise política envolvendo o afastamento e a possível cassação de Dilma, mas que ajuda a tirar o véu sobre o modus operandi petista. O governo começou se lambuzando no Poder e gostou tanto que arquitetou ficar para sempre, montando uma estrutura criminosa sem precedentes na história, sob o manto protetor de tutelar os interesses do Povo e da decrépita e insustentável ideologia socialista tupiniquim. Durante seu depoimento, Santana e Mônica até tentaram relativizar, afirmando que o caixa dois é prática ampla, geral e irrestrita, mas que apenas eles estavam pagando por isso. Coitadinhos!

POSTAGENS MAIS VISITADAS