Efeito eleições: Políticos montaram esquemas em todo país para furar a fila do Sistema Único de Saúde (SUS) em troca de votos.

A denúncia exibida pelo Fantástico deste domingo (9) revelou casos em três estados. No Rio Grande do Sul, um assessor do deputado federal Giovani Cherini (PR) apareceu como suspeito de participar de uma fraude que oferece exames pelo SUS, em tempo recorde, em troca de R$ 50. O deputado chegou a declarar que renuncia ao mandato caso seja provado alguma coisa contra ele; O repórter Giovani Grizzotti que investigou o esquema desde março deste ano, avisa que mais denúncias devem vir por aí nos próximos dias. No Rio Grande do Sul, a fraude foi descoberta em São Lourenço do Sul, onde um frentista de um posto de gasolina foi flagrado negociando exames de imagem pelo SUS em troca de R$ 50, sem passar pela fila do sistema. 

POSTAGENS MAIS VISITADAS