Deixo o PSDB se Doria vier a ser o candidato do partido à presidência da República.

Primeiro foi o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso quem afirmou que o atual prefeito de São Paulo, João Doria, só sabe mexer no celular e não produziu nenhuma mudança relevante em São Paulo; agora, o ex-governador José Serra foi além e disse que Doria é "um blefe"; mais do que isso, Serra garantiu que deixará o PSDB se Doria vier a ser o candidato do partido à presidência da República. Doria desagrada quadros históricos do PSDB. Porque será? É uma tentativa de ser populista que não convence quem conhece a política. Muito marketing!

Doria também pode ser alvo de impeachment por ter favorecido a Ambev no carnaval de São Paulo. Segundo a denúncia, a Dream Factory, contratada da Ambev, teria sido favorecida por informações privilegiadas. E terminou vencendo o pleito mesmo em disputa com proposta mais adequada ao edital. A proposta da empresa foi de R$ 15 milhões, dos quais R$ 2,6 milhões sendo destinados ao interesse público. Já a concorrente, SRCOM, que representa a Heineken, orçou o projeto em R$ 8,5 milhões, com R$ 5,1 milhões de gastos em itens como segurança e limpeza. A SRCOM Heineken perdeu. O vereador Toninho Vespoli (Psol) pediu abertura de CPI.

POSTAGENS MAIS VISITADAS