Funcionalismo já consumiu R$ 4,8 bilhões este ano no Congresso Nacional

O Orçamento Federal destinou já destinou este ano ao Legislativo Federal R$ 5,6 bilhões, segundo dados do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), organizados pelo sistema SIGA Brasil, do Senado. Já o gasto com servidores chegou a 90% do valor destinado ao Senado, 84,6% da Câmara e 86,6% do TCU. Foram R$ 4,8 bilhões gastos apenas com a folha de pagamentos desses órgãos. Os gastos com folha de pessoal na Câmara bateram nos R$ 2,2 bilhões somente este ano. Com esse valor, seria possível arcar com todo o orçamento da Polícia Rodoviária Federal, incluindo a folha, despesas e investimentos. Incluído nos gastos com servidores está o pagamento dos secretários parlamentares. Em abril, eram 10.553 os secretários parlamentares atuando na Câmara. Desses, 10.210 não tinham vínculo, ou seja, não são concursados. O salário para esse cargo varia de R$ 936,05 a R$ 7.167,14, por mês. Esses funcionários auxiliam os deputados. Cada um dos 513 deputados tem um limite de gastos com secretários parlamentares, mas podem ter até 25 secretários em seus gabinetes, além de servidores da Casa e outros cargos.


Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS