Dória preferido dos investidores é o anti-Lula?

Pesquisa da corretora XP Investimentos, com 168 investidores institucionais e mais 400 assessores, entre os dias 31 de julho e 4 de agosto monstra que o prefeito de São Paulo João Doria é o preferido de investidores e do mercado financeiro. A maioria também espera uma vitória de candidatos do PSDB, com o prefeito de São Paulo, João Dória, com 42% dos votos. Há, porém, uma diferença no segundo lugar. Em segundo lugar, aparece outro tucano, o padrinho de Dória, o governador Geraldo Ackmin, com 38% das apostas. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve 6% das citações e os demais candidatos, Marina Silva, Jair Bolsonaro e Álvaro Dias, tiveram 3% das aposta.

A pesquisa perguntou também quem seriam os nomes alternativos para a eleição presidencial. Na lista, aparecem o apresentador Luciano Huck, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa. O treinador da seleção de Vôlei, Bernardinho, aparece em quarto lugar, o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, em quinto e o ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes, em sexto. Aécio Neves, líder tucano alvejado pelas denúncias do sócio da JBS Joesley Batista, apareceu como alternativo e teve pouco mais de 4% de citações. 

Com Lula,a bolsa cairia até 40%, dizem consultados. Sobre o dólar, 98% acreditam que a eleição de Lula faria a moeda americana se desvalorizaria, sendo que 31% indicam um dólar a R$ 4,10. Já com João Dória, 94% acham que a bolsa sobe mais, com 58% vendo o Índice Bovespa acima de 80 mil pontos. Apenas 6% acreditam em queda do índice.

Para o dólar, o cenário com Dória para 75% dos entrevistados seria de de queda para menos de R$ 3,00, sendo que 35% acreditam em uma cotação de R$ 2,80, ainda mais baixa.



A propósito, a reportagem de capa da revista Istoé deste final de semana é João Dória, o prefeito tucano de São Paulo. Ele é apresentado como o candidato anti-Lula.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS