Lula é condenado em julgamento no TRF-4

A 8.ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) condenou, por 3 votos a 0, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira, 24. Os desembargadores João Pedro Gebran Neto, Leandro Paulsen e Victor Laus mantiveram a absolvição do petista apenas da acusação de armazenamento do acervo presidencial. E agora Lula? E agora Gleisi, vai haver morte? Como a decisão foi unânime, o único recurso disponível para a defesa no TRF-4 são os chamados embargos de declaração, que não têm poder de reverter a condenação, mas somente esclarecer ambiguidades, pontos obscuros, contradições ou omissões no acórdão (documento que oficializa a decisão). Ou seja em pelo menos 2 meses o recurso será julgado. Depois será a vez do STF julgar e no final, provavelmente antes de 2 de agosto, prazo final para o registro da candidatura a Justiça Eleitoral terá que decidir. Mesmo que não se cumpra o prazo necessário e Lula concorra, faremos uma eleição correndo o risco de eleger um candidato que depois não poderá tomar posse? Feitas todas as ressalvas o efeito sobre o futuro de Lula será esmagador na esfera da Justiça e na da política. Como escreve o jornalista Ricardo Noblat: “O grito de “eleição sem Lula é fraude” soará mais fraco a partir de agora. Poderá soar mais forte o grito de “eleição com Lula é fraude”.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS