Guerra Não!

A coisa já começou a ficar ridícula. A ajuda humanitária, que seria justificável – sobretudo se a quantidade de alimentos, medicamentos e outros itens de primeira necessidade fossem volumosos o suficiente para, pelo menos, amainar a situação de carecimento da população venezuelana – acabou virando uma provocação ao regime de Maduro.

O regime venezuelano é uma narco-ditadura militar e toda pressão pacífica de política externa é necessária para acelerar sua queda. Mas não guerra!

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS