Por que na Lombardia os dados dos contágios ainda diminuem tão lentamente?

Prefeito de Milão admite que errou ao apoiar campanha para cidade ...
O ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, disse que o vírus ainda circula no país. "Em alguns territórios, encontramos pequenos surtos que nossas instituições de saúde puderam imediatamente controlar. Eu acho que temos que nos acostumar com esses fenômenos, porque até termos uma vacina, é a fase de convivência com o vírus e quanto mais relacionamentos são ativados todos os dias, quanto mais liberdade de movimento houver, mais coisas voltaremos a fazer e mais haverá é o risco de o vírus circular. Devemos ser rápidos em testar, rastrear e também intervir imediatamente. Não excluo que, nos próximos meses, algumas partes do território terão que ser revertidas para evitar uma maior disseminação do vírus", afirmou ao jornal Corriere dela Serra.

Na Itália, desde o início da pandemia, pelo menos 235.561 pessoas contraíram o vírus Sars-CoV-2 : destes, 34.043 morreram. De acordo com os dados mais recentes processados ​​pela Universidade Johns Hopkins, existem mais de 7,1 milhões de casos em todo o mundo, com mais de 408 mil mortes.

POSTAGENS MAIS VISITADAS