Lula está no centro das atividades ilegais

Mas será que nada irá acontecer àquele que está ligado a toda essa engrenagem da corrupção no país? Marcelo Odebrecht relatou pagamento de despesas pessoais de Lula e afirmou que tanto ele quanto a ex-presidente Dilma sabiam de doações via caixa dois para suas campanhas. Delatores revelaram ainda mesada para um irmão e ajuda a um filho de Lula. Um dos colaboradores, Márcio Faria, disse ter participado de reunião em São Paulo, com a presença do então vice-presidente Michel Temer, sobre propina num contrato da Petrobras. Lula é citado 136 vezes em depoimentos de investigados na Lava Jato. Sem o poder de influência de Lula esse esquema seria impossível. Sem as “promessas” de Lula nada seria possível. O que falta para responsabilizar e penalizar o ex-presidente? Os governos Lula e Dilma distribuíram mais de R$ 11 bilhões para empresas envolvidas na operação Lava-Jato. Fora o que ainda não se sabe em outros organismos de poder. O empresário Emílio Odebrecht, presidente do Conselho de Administração da Odebrecht, disse à Procuradoria-Geral da República que discutia com Luiz Inácio Lula da Silva doações para campanhas do PT. O empresário disse que Lula fazia os pedidos diretamente a ele, mas os dois designavam um representante de cada lado para negociar valores. Por que Moro não prendeu ainda Lula? Medo? Acho que não. O que aconteceria caso Lula fosse preso? Uma convulsão social, talvez? Difícil saber quais as consequências que viriam da prisão de Lula. Lula é um homem político raro, capaz de abalar estruturas sociais, além de sua condição natural, como ser vivo, e da sua condição social, de cidadão, possui outra mais elevada, a de símbolo, cujo prestígio e respeito atestam o seu legado histórico. Lula é o símbolo da democracia e das lutas sociais no Brasil, da esperança de mudança de uma estrutura social congelada. Seu carisma ainda suscita aos seus eleitores a dúvida de que ele não tem culpa de nada. Se trata, primeiro, de assassinar sua imagem e seu prestígio, para aniquilar sua função simbólica. A mídia tem se esmerado nesse trabalho dia e noite, incansavelmente, há no mínimo dois anos. Acho que a prisão será apenas o passo final de execução dos vereditos que já foram proferidos pela justiça e pela mídia.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal