Prisão de traficante no Rio é transformada em ação midiática da polícia.

O traficante Rogério 157 foi preso nesta quarta-feira (6) numa favela do Rio de Janeiro e virou uma celebridade instantânea assim que chegou à Cidade da Polícia, no Jacarezinho (zona norte). A prisão do criminoso mais procurado do Rio causou um frisson entre os policiais, que comemoraram o feito com um festival de selfies compartilhado na internet junto ao traficante. Até da para entender o tamanho da “vitória” dos policiais ao prenderem o traficante mais procurado do Rio, mas, como disse Roberto Sá, secretário de Segurança Pública do Rio, “A gente não deve glamourizar criminosos. Ele é mais um dos 4.000 criminosos que as polícias prendem por mês, mesmo com a escassez de recursos. Mas é emblemática, sim, essa prisão. Então, houve uma euforia, uma alegria, que é muito possível pelas fotos que tenha passado do ponto”, disse Sá. Policiais fazendo selfie com delinquentes e todos com aparência de felizes da vida, inclusive o próprio delinquente? Pode isso Arnaldo? Claro que não! Ainda bem que o bom humor do brasileiro salva a situação.



A corregedoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro abriu um processo para apurar a divulgação das fotos tiradas pelos policiais com o traficante.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal