Filha de Roberto Jefferson será ministra do Trabalho

O presidente Michel Temer aceitou nesta quarta-feira (3) a indicação da deputada Cristiane Brasil para ministra do Trabalho. A vaga estava prometida ao PTB. O nome da deputada foi levado ao presidente, em uma reunião no Palácio do Jaburu entre Temer e o pai dela, o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do partido e condenado pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do mensalão – em março de 2016, ele obteve o perdão da pena.

Após a reunião com Temer e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, Jefferson, em entrevista coletiva, confirmou a indicação e disse que o presidente aceitou . O ex-deputado chorou ao fazer o anúncio "Eu não indiquei [a própria filha], surgiu o nome dela", disse o ex-deputado. Segundo Jefferson, consultado, o líder do PTB na Câmara, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), "anuiu".

De acordo com o presidente do PTB, a nomeação deve ser publicada na edição desta quinta (4) do "Diário Oficial da União", e a posse está prevista para a semana que vem. As informações são do G1

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal