Exportações de vinho italiano batem recorde

As exportações de vinho italiano atingiram a cifra recorde de 6 bilhões de euros em 2017, um aumento de 7% em relação ao ano anterior, informou nesta quarta-feira (3) o Coldiretti, o maior sindicato de agricultores da Itália. As vendas aumentaram em cerca de 6% nos Estados Unidos, país que se mantém como o primeiro comprador de vinhos da Itália, apesar do elevado custo do euro, indicou o sindicato.As vendas aumentaram também no Reino Unido (+ 8%) e em menor medida na Alemanha (+ 3%).Na Rússia, o vinho italiano bateu todos os recordes com um aumento de vendas de 47%. Neste país, o produto italiano pode ser comercializado e não foi afetado pelas sanções impostas à Rússia após o conflito com a Ucrânia.As vendas na China também aumentaram 25%, no entanto esta cifra é limitada em comparação com as exportações de vinho francês. Os espumantes italianos, como o prosecco, estão entre os mais requeridos pelos amantes de produtos da península, segundo o Coldiretti. As vendas de vinhos espumantes, muitos elaborados com o método da champanhe francesa, aumentaram 15%, o que corresponde a 1,1 bilhões de euros, indicou o sindicato agrícola italiano. As informações são do UOL.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal