Guedes defende mudanças no pacto federativo

Resultado de imagem para paulo guedes pacto federativo
O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta sexta-feira (15) que o pacto federativo desenhado pela equipe econômica prevê uma inversão na divisão dos recursos do pré-sal arrecadados por União, Estados e municípios.

Hoje, 70% dos recursos ficam com a União, enquanto 30% são destinados para os Estados e os municípios. A proposta estudada por Guedes prevê a inversão: a fatia do governo federal será reduzida a 30%, e a dos demais entes federativos subirá para 70%. Os percentuais ainda não são definitivos.

A distribuição mais equilibrada do bolo tributário brasileiro é uma demanda antiga de governadores e prefeitos brasileiros. O subfinanciamento traz imensas dificuldades à vida do gestor público. Em função da crise econômica, a exigência por serviços públicos cresce e é nos municípios onde o impacto é maior. Hoje estados e municípios estão quebrados, por conta do aumento das demandas e da desproporção da distribuição do recurso público.

Segundo estudo da Firjan, 85,9% das prefeituras apresentaram situação fiscal difícil ou crítica em 2016. Segundo integrantes da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), cerca de 90% das cidades brasileiras - em geral, com menos de 50 mil habitantes - dependem de repasses federais, o que só evidencia a disfunção do pacto federativo brasileiro.



Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal