Quatro das 8 atividades do varejo têm resultados negativos em junho

Resultado de imagem para vaREJO

Quatro entre as oito atividades do varejo registraram perdas nas vendas em junho ante maio, segundo os dados da Pesquisa Mensal de Comércio divulgados nesta quarta-feira, 7, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na média global, houve ligeira alta de 0,1% no volume de vendas. O varejo escapou do vermelho graças à estabilidade nas vendas das duas atividades de maior peso: Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,0%) e Outros artigos de uso pessoal e doméstico (0,1%).

O volume vendido encolheu em Combustíveis e lubrificantes (-1,4%), Móveis e eletrodomésticos (-1,0%), Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-2,4%) e Livros, jornais, revistas e papelaria (-0,8%).

Houve aumento em Tecidos, vestuário e calçados (1,5%) e Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,3%).

Quanto ao comércio varejista ampliado, que inclui as atividades de veículos e material de construção, o volume de vendas ficou estagnado (0,0%). As vendas de veículos, motos, partes e peças cresceram 3,6%, mas Material de construção recuou 1,2%.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal