Pandemia acelera em Caxias. Brasil tem mais de 53 mil e o RS mais de 22 mil

O boletim epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Caxias do Sul, divulgado nesta quarta-feira (24), aponta 805 moradores que testaram positivo para o coronavírus. A taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade está em 68,3% — sendo 78% no SUS e 61% no sistema privado. Há pelo menos três dias seguidos os números de contaminados não param de crescer.

Desde o dia 1º de junho, apenas em dois dias não houveram confirmações de mortes por coronavírus na região. Todos os demais, teve pelo menos uma vítima registrada. A macrorregião Caxias do Sul soma 73 mortes até o momento, sendo 36 apenas neste mês. Uma média de três óbitos a cada 48 horas.

O Brasil chegou a 53.830 mortes ao registrar 1.185 novos óbitos nas últimas 24 horas, segundo dados do Ministério da Saúde. O balanço também aponta o acréscimo de 42.725 infectados, elevando o acumulado para 1.188.631. Desse total, 649.908 estão recuperados (54,7%), conforme a pasta, que ainda informa 3.904 mortes sob investigação.

O Rio Grande do Sul chegou a 500 mortes, segundo balanço da Secretaria Estadual da Saúde (SES). Nas últimas 24 horas, foram registrados 23 óbitos. Também foram anotados mais 1.162 infectados. Agora, o Estado tem 22.009 casos confirmados e estimativa de 17.580 recuperados (80% dos casos).

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal