Pandemia faz turismo em Bento cair quase 40%

Os números sobre o turismo de Bento Gonçalves foram divulgados nesta terça-feira, 11, e apontam que 199.041 mil pessoas visitaram a região nos três primeiros meses do ano. O número é 39,87% menor do que o registrado no ano passado, quando pouco mais de 331 mil visitantes estiveram na Capital do Vinho. Entre os principais motivos apontados pela Secretaria Municipal de Turismo está o agravamento da pandemia do coronavírus e a ampliação das restrições provocadas pela bandeira preta no modelo de distanciamento controlado.

.Apesar da queda, o secretário de Turismo, Rodrigo Ferri Parisotto, avalia como satisfatório o resultado, visto todas as dificuldades que o setor segue enfrentando no período de pandemia. “As restrições de público fizeram com que o turista se espalhasse entre vários locais, fazendo com que houvesse uma boa distribuição entre vários atrativos, permitindo assim a garantia do emprego e renda de muitas famílias”, comenta.

O levantamento realizado mostra que a maioria dos turistas, cerca de 80 mil, esteve visitando rotas turísticas na área urbana da cidade, enquanto o restante se dividiu entre os Caminhos de Pedra (54.853), Vale dos Vinhedos (42.758), Vale do Rio das Antas (12.697), Cantinas Históricas (5.187) e Encantos da Eulália (3.617).

Dos visitantes, pouco mais da metade (50,46%) vieram de diferentes regiões do Rio Grande do Sul. O estado vizinho, Santa Catarina, representa 15,09% do total de turistas, seguidos de São Paulo (6,57%), Paraná (4,76%), Rio de Janeiro (4,27%), Minas Gerais (2,41%), Distrito Federal (1,49%), Bahia (1,43%) e Ceará (1,37%). Os demais estados, somam juntos 12,16%.

(Fonte: ASCOM)



Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal