Câmara dos Deputados extingue adicional de 10% do FGTS

A Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei Complementar 200/2012, que prevê a extinção do adicional de 10% do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a partir de 1o de maio de 2013, pago ao governo em caso de demissão sem justa causa. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) estima que o fim do tributo pode representar uma economia mensal de R$ 270 milhões para as empresas de todos os portes e de todos os setores. A proposta vai agora à sanção da Presidência da República.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS