Por 59 votos a 13, Senado decide manter a prisão de Delcídio do Amaral

A prisão de Delcídio Amaral, não é a prisão de um Senador qualquer. Ela tem uma simbologia política muito grande. É mais um duro golpe no PT. Até quando o povo brasileiro vai suportar o que o PT e o governo Dilma/Lula estão fazendo no país?

Ao assistir a decisão do Senado na noite desta quarta-feira em manter preso o Senador Delcídio ouvimos verdadeiros absurdos, como a tese de que, "... independente do mérito o que cabe aqui é decidir se o judiciário pode ou não prender um Senador no exercício de seu mandato sem flagrante delito..". Ora, quer dizer que o Senador pode tudo ? o congressista pode tudo? Se ele der um tiro em alguém, ou cometer um assassinato, "independentemente do mérito" não poderia então ser preso? Independência de poderes! Texto constitucional? precipitação na decisão do STF? ora, crime é crime, não há discussão de mérito nisso. Bem disse a ministra do STF Carmen Lúcia: "O crime não vencerá a justiça".

O fato mostra,  mesmo diante desse pandemônio em que se transformaram os poderes Executivo e Legislativo, a Procuradoria da República,  autonomia e independência suficientes para o Judiciário pedir a prisão do líder do Governo no Senado Federal.

De imediato, a prisão do Senador amplia o processo de erosão de imagem a que o Governo estava submetido. Num segundo momento, o partido terá que tomar uma decisão radical sobre a sua permanência nos quadros da agremiação. Um outro grave problema é que, diante de sua prisão – que poderá prolongar-se – vai que ele resolve entrar nessa tal de delação premiada, comprometendo ainda mais os já frágeis alicerces do governo de coalizão petista. É encrenca para todos os lados. Quando Dilma Rousseff parecia tomar fôlego, eis que é decretada a prisão do senador Delcídio Amaral, um arquivo vivo dos ambientes pantanosos dos negócios públicos. E agora?

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS