Semana começa com Contagem Regressiva para o impeachment de Dilma



Na próxima quinta-feira, o Senado começa a julgar o impeachment de Dilma, que está afastada do cargo desde o dia 12 de maio, quando os senadores aprovaram a abertura do processo na Casa. No Senado, onde os aliados da presidente afastada acreditavam que o quadro poderia ser revertido a favor dela, o número de parlamentares em favor do impeachment aumentou. Na votação que aprovou a abertura do processo foram 55 votos contra 22. Já na sessão que ratificou o relatório que recomenda o afastamento da petista foram 59 votos contra 21.Sinais claros de que não tem mais volta. A situação está definida. O que vai acontecer no Senado será um grande teatro. Chega, de fato não dá mais. É preciso reerguer o País que o PT devastou, e isso só pode ser feito com uma visão clara, determinação sólida e postura combativa. Não sei se Temer fará isso. Ao que se vê até agora pouco provável. O fato é que as reformas serão difíceis de se aplicar, mas são inadiáveis. E os petistas que perderam a mamata tentarão se vingar atacando-as. O cidadão deve saber: se deseja um Brasil livre e próspero, deverá lutar por cada palmo dele.

POSTAGENS MAIS VISITADAS