Maior preocupação do PT com a última pesquisa é que sem Lula não há transferência de votos

Resultado de imagem para haddad e wagner
A maior constatação da última pesquisa do Datafolha divulgada neste final de semana, é de que sem Lula, não há migração de votos dele para os candidatos do PT. Os dois planos B do PT – Fernando Haddad e Jaques Wagner – aparecem com desempenho sofrível de apenas 2% e 1%, respectivamente.

A expectativa inicial do partido era que a grande exposição com a prisão reforçasse o capital político do ex-presidente. Mas a pesquisa, divulgada neste domingo (15) pelo jornal "Folha de S.Paulo", mostrou que a prisão teve efeito negativo nos planos do PT.
.
Mesmo os pré-candidatos da esquerda, que tem a simpatia do PT, e que subiram no palanque da legenda no último discurso do Lula, no sábado (7), não se beneficiam até o momento do espólio petista. No primeiro cenário sem Lula, Manuela D'Ávila (PC do B) tem 2% e Guilherme Boulos (PSOL) aparece com 0.

Outro foco de preocupação com a pesquisa é o elevado percentual de pessoas que acreditam que Lula não será candidato – 62%, contra apenas 18% que acreditam que ele vai disputar com certeza.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS