Até o final do ano Bento começará a tratar 30% do esgoto urbano

A previsão é de que a ETE seja concluída até o fim do ano | Foto: Emanuele Nicola / Divulgação / CP
Mais um problema histórico está sendo resolvido em Bento Gonçalves. O saneamento básico. Depois de muitos atrasos no cronograma de obras da CORSAN, pactuado por contrato com o município, e devido a persistência, foco, determinação política e articulação do prefeito Guilherme Pasin (PP), finalmente a primeira estação de tratamento de esgotos do município saiu do papel e começou a tomar forma.

As obras da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE)  na localidade de Barracão, às margens da ERS 444, em Bento Gonçalves estão com 50%  executadas. O equipamento é pré-moldados, montado apenas no local e deverá entrar em funcionamento no final do ano.

A estrutura atenderá a demanda dos cerca de 15 mil habitantes dos bairros Santa Marta, Santo Antão, Santa Helena, Barracão, Imigrante e Fenavinho. Isso representa o tratamento de 30% do esgoto do município.

O valor da obra é de R$ 9.267.140,00, com financiamento da Corsan por meio do Programa de Aceleração do Crescimento.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS