Saúde x Buracos

O anuário Multicidades que a Frente Nacional de Prefeitos divulgou nesta segunda (26), em São Caetano do Sul (SP), mostra que as prefeituras investiram no ano passado R$ 31 bilhões além do mínimo exigido pela Constituição em saúde, quase R$ 2 bilhões a mais que em 2016.

O mesmo relatório mostra que os gastos dos municípios na área social atingiram o maior índice desde o início da série história, em 2002: 56,3% do total das despesas locais. Com isso, sobra menos dinheiro para zeladoria, seara em que os prefeitos são mais cobrados. (Folha)

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS