Intestino de Bolsonaro para e quadro clínico do presidente complicou muito

Resultado de imagem para bolsonaro saude piora
Após apresentar quadro de náuseas e vômito, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) teve que usar uma sonda nasogástrica para drenar líquido acumulado no estômago. O presidente foi submetido ao procedimento na tarde deste sábado. Isso demonstra uma certa piora em seu quadro de saúde. O jornal Folha de S. Paulo disse neste domingo que o estado de saúde do presidente é pior do que os comunicados da assessoria de Bolsonaro. A Folha informou que a náusea e o vômito que acometeram o presidente Jair Bolsonaro, ocorreram porque o intestino delgado parou de funcionar."É o que se chama de 'íleo paralítico'", informou o jornalista Gilberto Dimenstein.

Outras hipóteses explicariam a paralisação do intestino como fístula (abertura de algum ponto cirúrgico), infecção, efeitos colaterais de medicamentos (antibióticos ou remédios para dor) ou aderência precoce, ou seja, uma dobra no intestino.

A pior das hipóteses seria a fístula. Se ocorrer, há risco grande de ter que reoperar e refazer a bolsa de colostomia. O quadro clínico do presidente complicou muito.

No boletim médico, o hospital informa que Bolsonaro continua com sonda nasogástrica, devido ao episódio de náuseas e vômito. Segue também em jejum e com nutrição parenteral exclusiva. Os fãs de Bolsonaro mandaram mensagens positivas pelas redes sociais.

Comentários

POSTAGENS MAIS VISITADAS