A União tem ação da Bombril, pode isso Arnaldo?

Uma equipe do Ministério da Economia responsável por descobrir quantas são, afinal, as empresas controladas pelo governo ou nas quais ele tem alguma participação chegou a um número muito maior que o imaginado. São inacreditáveis 637 companhias, sendo 46 de controle direto da União; outras 159 subsidiárias, pertencentes a estatais; 233 coligadas, que têm influência de estatais ou subsidiárias em sua administração; e, por fim, mais 199 empresas nas quais o governo tem participação acionária, normalmente por meio do BNDES ou do Banco do Brasil. Neste último grupo entram, por exemplo, Ambev, Suzano, Klabin e Bombril. A União tem ação da Bombril, pode isso Arnaldo?

Não tem cabimento. Total descontrole do governo e mais do que isso, um Estado desnecessário. A redução do tamanho deste Estado, e de sua atividade nessas empresas e setores, é uma das reformas mais importantes e urgentes que precisa ser feita.  É preciso vender tudo isso aí urgente. Sabemos que será um processo lento, mas mesmo assim, nestes nove meses de governo já foram levantados R$ 96 bilhões em privatizações, concessões e desinvestimentos, superando a meta do ano inteiro. Que este seja apenas o começo da devolução da atividade econômica a seus verdadeiros protagonistas, o setor privado.

POSTAGENS MAIS VISITADAS