Crise no Chile favorece venda de espumantes brasileiros

Resultado de imagem para venda de espumantes final de ano supermercados
A venda de vinhos e espumantes brasileiros neste final de ano, ganhou um impulso adicional: a crise chilena. De acordo com o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), dos 41% de rótulos importados no país, 53% são de bebidas do Chile. Ou seja, é o principal mercado na América Latina. Mas com a explosão da crise política naquele país a importação dos vinhos chilenos já caiu 43%.

É um consumo que deverá ser suprido pelos produtos nacionais.

No ano passado, a venda de espumantes no mercado interno cresceu 10,24% nos últimos três meses do ano e esse ano o crescimento deve superar a casa dos 20%.

POSTAGENS MAIS VISITADAS