Ministro diz que há plantações de maconha em universidades



O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse em entrevista ao "Jornal da Cidade" que as universidades são "madraças de doutrinação" e "tem plantações extensivas" de maconha, além de os laboratórios de química estarem desenvolvendo droga sintética, a metanfetamina. No trecho da entrevista já divulgado, ele não deu detalhes sobre as acusações. Em seu perfil em uma rede social, o ministro citou dois casos ligados às acusações que ele fez na entrevista. Além de sugerir a produção de drogas ilegais sem apontar onde elas ocorreriam ou se há investigação em andamento, ele diz que as plantações de maconha tem "borrifador de agrotóxico".

"Foi criada uma falácia que as universidades federais precisam ter autonomia. Justo, autonomia de pesquisa, autonomia de ensino… Só que essa autonomia acabou se transfigurando em soberania. Então, o que você tem? Você tem plantações de maconha, mas não é três de maconha, você tem plantações extensivas nas universidades. A ponto de ter borrifador de agrotóxico, porque orgânico é bom contra a soja, pra não ter agroindústria no Brasil, na maconha deles eles querem tudo o que a tecnologia tem à disposição. Ou coisas piores, você pega laboratórios de química, uma faculdade de química não era um centro de doutrinação, desenvolvendo laboratório de droga sintética, de metanfetamina".

POSTAGENS MAIS VISITADAS