Emissão de notas fiscais salta 10,3% em junho


A Receita Federal informou nesta segunda- feira,06, que as vendas registradas por meio de notas fiscais eletrônicas cresceram 15,6% na comparação com maio e a 10,3% em relação a junho de 2019, com uma média diária de R$ 23,9 bilhões.

Os dados mostram que o maior tombo causado pela pandemia foi registrado no mês de abril. Os números de junho são os maiores do ano e apontam para uma retomada da atividade econômica.

No Brasil, a média diária de vendas com notas fiscais eletrônicas atingiu R$ 23,9 bilhões em junho, o maior patamar do ano de 2020. Os números foram reajustados pela inflação, medida pelo IPCA.

Segundo o Fisco, a alta foi puxada pelo comércio eletrônico, que teve vendas crescentes em quantidade e em volume depois do início da pandemia. Em relação ao mesmo mês de 2019, a média diária de vendas apuradas em 2020 teve aumento de 20,6% em março; de 17,5% em abril; de 37,4% em maio e de 73% em junho.

23,9
jun.20
21,6
jan.20
23,1
fev.20
23,1
mar.20
19,0
abr.20
20,7
mai.20
23,9
jun.20
fonte: Receita Federal

POSTAGENS MAIS VISITADAS