Prefeitura de Bento quer ampliar benefícios fiscais para empresas

A Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves começa a debater nesta segunda-feira (10) alterações na política de incentivo ao desenvolvimento econômico do município. A prefeitura encaminhou projeto atualizando a legislação vigente, que é de 2015. As principais modificações envolvem ampliação de benefícios fiscais. Uma das propostas é a expansão das empresas abrangidas pelo retorno de ICMS. A iniciativa sugere que investidores que se instalarem no município ou que ampliarem atividades com geração de novos empregos recebam benefícios. As possibilidades são o retorno de 50% do Índice de Participação do Município no ICMS até recuperarem metade do valor investido ou por um período máximo de cinco anos. Atualmente, esse incentivo é restrito ao setor de alta tecnologia. Outra mudança é oferecer desconto de 35% no pagamento do ISSQN para empresas de alta tecnologia que optarem por aplicar recursos em Bento. A proposta vale tanto para novas empresas quanto para aquelas já existentes que ampliarem impostos e o número de empregos em 20%. Com a política de incentivo ao desenvolvimento econômico criada em 2015, Bento Gonçalves atraiu 14 empresas dos setores moveleiro, turístico, alimentício, vinícola e metalúrgico.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal