Semana tem Vinitaly na Itália

Começou neste domingo (9), na cidade de Verona, a 51ª edição do Salão Internacional do Vinho e Destilados, mais conhecido como Vinitaly, com expositores de 30 países do mundo. O evento, que conta com um aumento de 4% no número de expositores, terá a presença de 4.768 empresas espalhadas entre 4.272 expositores e segue até o dia 12 de abril. A Itália que se apresenta neste ano no salão se confirma como o segundo maior exportador de vinho do mundo, com uma cifra registrada em 2016 de mais de 5,6 bilhões de euros e com um crescimento de 4,3% em relação ao ano anterior. A Vinitaly, que ocorre desde 1967, é uma uma das feiras mais importantes, senão a mais importante, para se conferir a evolução do sistema vitivinícola italiano e internacional, tendo se transformado, ao longo dos seus quase 40 anos de existência, em um lugar por excelência para a realização de negócios, para se detectar as tendências do setor, as novidades do mercado e antecipar o futuro. Mas não só do vinho, pois paralelamente se realiza o Salão Internacional do Óleo de Oliva Virgem e Extra virgem. Também ocorre, em dois pavilhões, a Enolitech - Salone internazionale della tecniche per la viticoltura, l’enologia e delle tecniche olivicole ed olearie.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal