Governo reduz exigências para passaportes

A partir de dezembro, quem for tirar ou renovar o passaporte precisará apresentar apenas a identidade e o CPF em algumas localidades. A mudança será gradual, e deve ser implementada em todo o País até o fim de 2018. Atualmente, são exigidos documentos como quitação do serviço militar e comprovante de votação. Segundo a subchefe de articulação e monitoramento da Casa Civil, Natália Marcassa, a iniciativa será possível graças ao aprimoramento no banco de dados e começará no fim de dezembro deste ano. Uma das metas do Brasil Eficiente é concluir a integração dos bancos de dados da administração pública até o fim do ano. Desse modo, a emissão de passaportes ganhará em velocidade com a digitalização do processo, que hoje está em 80%.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal