Temer manda punir o general Mourão

O general Antonio Hamilton Mourão, ex-comandante do Sul, foi destituído, do posto que ocupava na secretaria de Economia e Finanças do Comando do Exército, posto para o qual foi transferido depois de críticas ao governo Dilma. O general Luiz Pereira foi designado para a vaga. Mourão criticou o governo e Temer mandou punir o general neste sábado. Durante a semana o general Antonio Hamilton Mourão produziu declarações sobre o governo de Michel Temer e a hipótese de intervenção militar. Além de atacar Temer, disse o general:

‘Se o caos for ser instalado no país… E o que a gente chama de caos? Não houver mais um ordenamento correto, as forças institucionais não se entenderem, terá que haver um elemento moderador e pacificador nesse momento (…). Mantendo a estabilidade do país e não mergulhando o país na anarquia. Agindo dentro da legalidade, ou seja, dentro dos preceitos constitucionais, e usando a legitimidade que nos é dada pela população brasileira. Mas por enquanto nós consideramos que as instituições têm que buscar fazer a sua parte.”

Crítico de Michel Temer e partidário da intervenção militar como remédio contra o “caos” ou a impunidade de corruptos, o general Antonio Hamilton Mourão deverá formalizar o pedido de desligamento nos próximos dias.

Postagens mais visitadas deste blog

Gleisi Hoffmann, a senadora dos olhos verdes do PT tinha um amante

Fim da cobrança por marcação antecipada de assento em aeronaves depende agora da Câmara

Grupo Doha apresenta detalhes do porto de Arroio do Sal